/Com apoio da PMC, grupo de Balé Municipal vai a Campina Grande competir em Festival de Arte e Criatividade  

Com apoio da PMC, grupo de Balé Municipal vai a Campina Grande competir em Festival de Arte e Criatividade  

Um grupo de 16 bailarinos e 5 professoras da Escola de Ballet e Dança do município de Cabedelo participam, neste sábado (25), da 8ª edição do Festival de Arte e Criatividade (FAC), em Campina Grande (PB).

O evento, que começou na última quinta-feira (23) e segue até o domingo (26), conta com uma rica programação, que agrega workshops de dança com profissionais renomados; Mostra Competitiva de Dança, bolsas para diversos cursos de férias e de formação em Escolas/Studios de dança de todo o Brasil através dos professores/jurados convidados, além de debates sobre a Mostra de dança.

Para viabilizar a participação da equipe, as alunas contaram com o apoio da Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), que arcou com as despesas de inscrição e transporte. Já as professoras, que participam de todos os dias do Festival, tiveram todo o apoio da gestão municipal, incluindo transporte, hospedagem e alimentação.

Hoje a noite, a equipe de alunos cabedelenses irá apresentar na Mostra Competitiva a coreografia “Coco de Roda”, da professora Valesca Rique na modalidade Contemporâneo Avançado. Enquanto a professora Renata Kelly irá fazer uma apresentação solo com a coreografia “Yorurbano”, da professora Maria Luíza Pires. Ambas as apresentações são coordenadas por Rita Spinelli e Saniele Cipriano. Além disso, elas participarão de Workshops de dança urbana e contemporânea, de palestras e flashmob de dança urbana durante o dia inteiro.

Antes do embarque do grupo, um café da manhã foi proporcionado pela equipe da Secult, e contou com a participação do prefeito Vitor Hugo, acompanhado da primeira dama Daniella Ronconi.

“Durante o período escolar, já tive essa experiência de participar de grupo de ballet e de participar de festivais, por isso conheci de perto as dificuldades e a expectativa que eles estão vivenciando. Esse apoio da Prefeitura é de fundamental importância para esse intercâmbio cultural que os bailarinos cabedelenses vão participar.  Gostaria de desejar boa sorte a todos, confirmando que ainda faremos grandes investimentos no setor cultural”, destacou o prefeito.

Essa é a quarta participação do ballet do município no FAC, sendo 2015 a última vez que Cabedelo foi representada no Festival.

“Esse é um evento que abre portas para participações em festivais em São Paulo e instiga a nossa equipe a qualificar-se cada vez mais. Também é importante ressaltar que muitas alunas vivem uma realidade social menos favorecida e que, através do universo da dança, podem viajar e competir no mesmo nível de igualdade que escolas profissionais de outras cidades. A expectativa é que elas voltem com medalhas, como ocorreu nas participações anteriores, porém, o mais importante é que participem fortalecendo ainda mais a cultura como grande elemento social de nossa cidade. Além disso, teremos a oportunidade de promover a capacitação deles e do nosso corpo técnico”, destacou o secretário de Cultura Igoberg Bernardo.

Para este ano, o FAC conta com mais de 500 bailarinos inscritos, além dos professores/jurados. Segundo a professora responsável pelo grupo cabedelense, Rita Spinelli, este evento proporciona aos bailarinos uma grande oportunidade de crescimento.

“Essa é uma oportunidade de troca de experiências, principalmente para os bailarinos. Eles têm a oportunidade de participar de cursos, oficinas, apresentar e assistir várias apresentações e, através das observação, se superar. Durante o festival nós temos a oportunidade de vivenciar o que está acontecendo no cenário da dança no Brasil. Além disso, os três melhores colocados são classificados para um evento em São Paulo. É uma experiência única”, disse.

De acordo com a bailarina Sabrina Sobrinho, que participa da Escola há aproximadamente 10 anos, o grupo está com uma grande expectativa.

“Estamos indo para o FAC, com todo apoio da Prefeitura que tem nos ajudado muito desde o começo para realizar o sonho de cada bailarino. Para muitos, esse evento será uma nova experiência, mas no meu caso, não é a primeira vez, pois participei no ano de 2015, e foi um momento incrível. Todos os bailarinos estão super ansiosos. Nos preparamos e ensaiamos bastante para mostrar o que temos aprendido no Ballet de Cabedelo”, concluiu emocionada.

Secom Cabedelo