/Confiança na gestão faz Cabedelo arrecadar mais de R$ 6,5 milhões com IPTU e TCR até 31 de agosto; Previsão é de quebra de recorde histórico até dezembro

Confiança na gestão faz Cabedelo arrecadar mais de R$ 6,5 milhões com IPTU e TCR até 31 de agosto; Previsão é de quebra de recorde histórico até dezembro

Confiança na gestão e responsabilidade na aplicação dos recursos públicos! Esses são os motivos que explicam os números da arrecadação do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e a Taxa de Coleta de Resíduos (TCR). O valor arrecadado chegou a R$ 6.554.778,66 até o dia 31 de agosto, prazo final para pagamento da cota única com desconto. O montante ultrapassa o que foi pago nos últimos três anos, e mostra que o cidadão cabedelense voltou a acreditar no desenvolvimento da cidade.

Desde que os boletos foram encaminhados aos contribuintes, no dia 9 de julho, até a última sexta-feira (31), Cabedelo arrecadou cerca de R$ 4,5 milhões, totalizando mais de R$ 6,5 milhões esse ano. A expectativa é que, até dezembro, o município alcance os R$ 7 milhões, número recorde na cidade.

O prefeito Vitor Hugo comemorou os números, fruto de uma política de respeito e investimento do dinheiro público implantada por sua gestão. Exemplo disso é o projeto Pavimenta Cabedelo, que pretende pavimentar 29 ruas pela cidade com o dinheiro arrecadado do IPTU.

“Queria, antes de tudo, agradecer ao contribuinte, que acreditou na gestão e no nosso compromisso de investir na cidade, convertendo o dinheiro de impostos, como o IPTU, em obras, ações e serviços para a população. Essa arrecadação em apenas dois meses se atribui, principalmente, ao voto de confiança que o povo deu ao nosso trabalho. E eu, como gestor, sou muito grato a isso, e vou continuar trabalhando para honrar esse crédito. Parabéns, também, a toda a equipe da Secretaria da Receita e demais pastas parceiras, que fizeram um esforço mútuo para obter tamanho êxito nesta campanha”, destacou Vitor.

A campanha do IPTU de Cabedelo começou no dia 9 de julho, e o contribuinte teve até a última sexta-feira (31) para pagar os boletos com desconto de 20% na cota única. Quem ainda estiver em dívida com o município, pode procurar a Secretaria da Receita para negociar o imposto sem o desconto até o final do mês. A partir de outubro, começam a valer os juros e multa em cima do valor original.

Secom Cabedelo