/Conselho Municipal de Turismo realiza reunião para apresentar Mapa de Regionalização do Turismo de Cabedelo

Conselho Municipal de Turismo realiza reunião para apresentar Mapa de Regionalização do Turismo de Cabedelo

As Secretarias de Cultura e de Turismo de Cabedelo (Setur) realizaram, nesta quarta-feira (14), a 3ª Reunião do Conselho Municipal de Turismo (Contur). Em pauta, o processo de instituição do órgão, as funções dos conselheiros, apresentação do Mapa de Regionalização do Turismo e do Programa Investe Turismo, do qual Cabedelo é uma das três cidades contempladas.

A reunião, que aconteceu no Centro Cultural Mestre Benedito, contou com a presença da Gerente Executiva do Turismo no Estado, Alessandra Lontra, que foi responsável pela apresentação dos programas. A presidente do Contur/Cabedelo, a secretária municipal de turismo, Vera Simões, falou sobre os objetivos do encontro.

“O Programa Nacional de Regionalização do Turismo refez e atualizou o mapa de regionalização do turismo, onde Cabedelo está inserida. Nessa reunião, estamos trazendo a gestora do turismo no Estado para fomentar alguns esclarecimentos para os conselheiros, poder público e sociedade civil, que estão inseridos no desenvolvimento do turismo no município. É importante que essas pessoas entendam o que esta acontecendo nacionalmente para que possamos focar os objetivos locais; que entendam o processo nacional e estadual, a responsabilidade do município para estarmos alinhados nesse processo de gestão”, explicou.

De acordo com Vera, o mapa foi instituído e, em breve, será publicado pelo Ministério do Turismo. Estando inserido nele, Cabedelo tem um “dever de casa a cumprir nos próximos dois anos, quando este será reavaliado. Esse é um processo de construção integrada entre Governo Federal, Estado e Município, com a Secretaria juntamente com o Contur. É preciso buscar o entendimento e o alinhamento das ações”, acrescentou.

Para o secretário de Cultura, Igobergh Bernardo, a meta é fazer com que os conselheiros, empossados no mês de maio, consigam compreender qual o objetivo e função deles.

“É importante que eles conheçam algumas ações que estão sendo desenvolvidas como a Rede de Economia Criativa e outras que virão como o Investe Turismo, a ser lançado posteriormente. A ideia é que consigam compreender qual está sendo a dinâmica de estruturação do segmento dentro da cidade e, assim, possam contribuir a partir da iniciativa que representam. É preciso que entendam o plano de trabalho e consigam colaborar a partir do seu segmento para que possamos ter mais resultados efetivos na estruturação do turismo, tanto no verão próximo como em todo o período do ano”.

Programas – O Mapa de atualização do turismo no Brasil é o instrumento do Ministério do turismo que baseia a criação de políticas públicas e a destinação prioritária de recursos do Ministério, com foco no desenvolvimento regional do setor.

Já o Investe Turismo foi desenvolvido conjuntamente pelo Ministério do Turismo, Sebrae e Embratur e tem como objetivo  acelerar o desenvolvimento, aumentar a qualidade e a competitividade em 30 Rotas Turísticas Estratégicas do Brasil, com foco na geração de empregos. Consta de um amplo pacote de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, melhoria de serviços, inovação e marketing, voltados para o setor de Turismo. O investimento inicial será de R$ 200 milhões