/Guarda Civil Municipal passa a ser chamada de Guarda Metropolitana de Cabedelo

Guarda Civil Municipal passa a ser chamada de Guarda Metropolitana de Cabedelo

Lei foi sancionada pelo prefeito Vitor Hugo e segue padrão nacional

O prefeito Vitor Hugo sancionou a Lei nº1934/2018, que muda a nomenclatura da Guarda Civil Municipal para Guarda Metropolitana de Cabedelo. A alteração segue um padrão nacional, conforme prevê a Lei Federal 13.022/2014, e torna Cabedelo uma das primeiras cidades paraibanas a aplicar tal legislação.

Além da mudança no nome, a Guarda de Cabedelo também é uma das pioneiras a ter parte do seu efetivo armado, também conforme prevê a legislação específica.

“Nossa Guarda é uma das mais competentes e preparadas da Paraíba e até do Nordeste. Estamos sempre trabalhando para capacitá-la e oferecer a ela todo o suporte para que continue a fazer seu trabalho de forma eficiente, garantindo a segurança da população e do patrimônio de Cabedelo. A mudança na nomenclatura atende a um pedido da categoria e está prevista na legislação federal que trata das diretrizes para municipalização da segurança pública”, disse o prefeito Vitor Hugo.

A mudança na nomenclatura, de acordo com o secretário da Segurança Municipal, Isaias Vieira, segue um padrão nacional e começou com a Guarda de São Paulo. A alteração vai facilitar a busca por recursos federais e a criação do Fundo Municipal de Segurança.

“Essa alteração mostra a visão de futuro que o prefeito Vitor Hugo vem tendo em Cabedelo, pensando sempre à frente. A mudança vai facilitar a criação do Fundo Municipal de Segurança, o que vai trazer recursos federais para a segurança em Cabedelo. Além disso, vai facilitar um consórcio entre as Guardas Municipais, possibilitando que, quando necessário, atuemos em conjunto com outras Guardas”, disse.

Capacitações e valorização – A Guarda Metropolitana de Cabedelo passa por capacitações constantes e, esse ano, conquistou a atualização de Gratificações por Elevação de Classe (GEC) e Gratificação de Desempenho de Atividade (GDA), atrasadas há 12 anos. O benefício concedido pelo prefeito Vitor Hugo contemplou mais de 200 servidores do quadro efetivo.

Secom Cabedelo