/Homenagens à Pátria e à cultura cabedelense marcam desfile de 7 de setembro no centro da cidade

Homenagens à Pátria e à cultura cabedelense marcam desfile de 7 de setembro no centro da cidade

Movidas por um sentimento de civismo e patriotismo, milhares de pessoas saíram às ruas na tarde deste sábado (7) para participar e assistir ao tradicional desfile cívico em homenagem à Independência do Brasil em Cabedelo. O evento, que ocorre tradicionalmente na BR-230, no Centro da cidade, mobilizou instituições públicas e privadas, além de representações das Forças Armadas do Brasil.

O desfile da Independência, dia 7 de setembro – cujo percurso foi das proximidades da Secretaria de Educação e Centro Imaculada Conceição à Praça Getúlio Vargas –, reuniu 61 instituições, entre Corporações Militares, Escolas Municipais, Estaduais e Particulares, Entidades Civis e representações das Secretarias Municipais.

Ao som de bandas marciais e palavras de ordem, as tropas das Forças Armadas foram as primeiras a passar pela avenida, vistoriadas pelo prefeito Vitor Hugo. No palanque montado na Praça Getúlio Vargas, o gestor saudou a população a as autoridades presentes, e deu início ao desfile.

O prefeito foi muito festejado pelos populares durante o seu desfile de revista às tropas militares, acompanhado dos representantes da Marinha do Brasil, Exército, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Segurança. Em alguns momentos, o gestor quebrou o protocolo e desceu do carro com as autoridades para cumprimentar o público.

“Esse dia é muito importante para quem é patriota como eu e, aqui em Cabedelo, temos um evento muito lindo. Hoje também comemoramos a independência e libertação de Cabedelo de um passado trágico e desejamos que a cidade seja dependente só do futuro, que não pare de crescer e se desenvolver. É um novo momento, uma nova cidade”, destacou o gestor municipal.

Após o cortejo de instituições militares, foi a vez das Bandas Marciais encantarem o público presente ao desfile; seguidas pelas escolas e creches particulares, estaduais e municipais. Pelas ruas, as unidades de ensino apresentaram os trabalhos desenvolvidos ao longo do ano dentro do tema do Ano Cultural 2019, Mestre Benedito e sua tradição do Coco de Roda, e também em homenagem ao centenário de Jackson do Pandeiro.

“O desfile de 7 de setembro é o maior evento organizado pela Seduc. Já tínhamos realizado o polo Renascer e hoje foi a vez do polo Central. Nossa Secretaria se preparou por 2 meses e, nos últimos 15 dias, intensificamos as atividades voltadas para a organização da logística deste evento. Contamos com o apoio das demais Secretarias municipais nos serviços que incluem a harmonia do desfile, os transportes de alunos e organizações, contratação de banda marciais, organização do tráfego, limpeza das ruas, poda de árvores, cobertura e cerimonial do evento, enfim, um conjunto de diversas atividades realizadas em equipe. É um evento que requer muito cuidado, amor e dedicação. As escolas fizeram sua parte e apresentaram para a sociedade os projetos desenvolvidos em salas de aulas e, com isso, o desfile em Cabedelo se transformou numa grande festa”, ressaltou Márcia.

A filha do Mestre Benedito, Teca do Coco, emocionada, comentou sobre as homenagens e sobre a importância de resgatar a tradição do Coco de Roda entre as novas gerações.

“Eu estou tão emocionada que as palavras fogem nessa hora… Para mim é uma satisfação muito grande, e eu só peço a Deus que ilumine cada uma dessas pessoas que fizeram esse reconhecimento pelo meu pai. A todos que estão trabalhando, eu só posso agradecer. Nossa família jamais imaginou receber tanta alegria. O ensinamento maior que estou tendo é ver essas crianças levando em diante o trabalho plantado pelo meu pai. Um trabalho muito bonito, a história vai muito além”, disse.

O público também brincou, cantou, dançou e celebrou a cidadania, a democracia e o amor à Pátria.

“O desfile de Cabedelo é muito especial para mim e para a minha família. Todos os anos a gente vem curtir a praia e já se programa para assistir. É muito organizado e diversificado, além disso as pessoas que participam nos passam muita alegria, principalmente as crianças e idosos”, afirmou a universitária Carolina Fernandes, de Alhandra-PB.

Para Maria das Neves, o desfile de Cabedelo é quase uma terapia. A aposentada assiste ao evento sempre no mesmo canto há mais de 30 anos.

“Estou sempre aqui, perto da Caixa Econômica com minha cadeirinha e minha sombrinha. Vem muita gente né? Mas eu sempre chego cedo, para ver tudo. Desde os militares até às escolas. É tudo muito bonito. Está de parabéns a Prefeitura”.