Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Dia Nacional da Luta Antimanicomial será lembrado em Cabedelo com caminhada e palestras, nessa quarta-feira
13/5/2014 - Secretaria de Saúde


A Prefeitura Municipal de Cabedelo, através do Setor de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde, e em parceria com o PET Rede de Atenção Psicossocial/UFPB promoverá atividades especiais nessa quarta-feira (14), em alusão ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial. Dentre as ações marcadas para lembrar a data, está a “I Caminhada de Braços Dados com a Liberdade”, que acontece a partir das 07h30, com concentração no pátio da Secretaria Municipal de Saúde.

O evento, que faz parte do projeto “Saúde Mental na Cidade”, além da caminhada, que seguirá até o Teatro Santa Catarina, contará ainda com palestras e atividades artísticas e culturais, provenientes dos programas que trabalham com saúde mental em Cabedelo.

A psicóloga Vaneide Delmiro, do setor de Educação na Saúde e uma das coordenadoras das atividades, ressaltou a importância de os cabedelenses se dedicarem a esta causa. “É preciso que as pessoas participem desta luta e lembrem que ela não se encerra ao término do evento, ao contrário, nele se revigora, fazendo desse encontro o diferencial, o combustível para novas conquistas no campo da saúde mental”, destacou.
Toda a população está convidada a prestigiar o evento, que será realizado até o meio-dia, e terá a participação especial dos grupos: Coral de Libras do CAPS 1 – Porto Cidadania; Oficina do Samba do CAPS AD – Primavera; Coletivo Tribo Éthnos e PalhaSUS.

Histórico - Dia da Luta Antimanicomial, oficialmente comemorado no dia 18 de Maio, foi criado a partir do II Encontro de Trabalhadores da Saúde Mental, em 1987, na cidade de Bauru (SP). A principal reivindicação daqueles trabalhadores – “por uma sociedade sem manicômios” – significava, e significa ainda hoje, não apenas derrubar os muros de concreto dos hospitais psiquiátricos, ofertando novas formas de cuidado ao doente mental, como também combater a forma manicomial da sociedade que enxerga e compreende os doentes mentais de maneira indiferente.

Com o passar dos anos, a luta ganhou força e a devida aplicação de políticas públicas que garantiu ao doente mental direitos sociais, acesso e atendimento mais adequados. Surgiu a Lei Paulo Delgado (10.216/2001), que propõe a extinção progressiva dos manicômios no país; a redução significativa dos leitos de hospitais psiquiátricos; a implantação dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), em suas diversas modalidades (CAPS I, CAPS II, CAPS AD, CAPS i, CAPS 24 horas) e de outros serviços, como as Residências Terapêuticas (para os egressos crônicos de hospitais psiquiátricos) e os Centros de Convivência (espaços destinados à promoção social através do trabalho, cultura, educação, esporte e lazer). Além de todos esses avanços significativos no campo da saúde mental, muitos outros, voltados ao enfrentamento do uso de álcool e outras drogas, a exemplo do Consultório na Rua, vêm sendo conquistados.

A luta antimanicomial continua vislumbrando parcerias diversas com as áreas da Educação, do Esporte, da Cultura e do Lazer como forma de garantir integralmente qualidade de vida, cuidado e autonomia aos usuários de saúde mental, incentivando cada vez um papel de protagonismo na sociedade.

Informações da Rede de Atendimento em Cabedelo:

CAPS I – Porto Cidadania (Centro de Atenção Psicossocial) – Criado em junho de 2004, é um serviço de assistência clínico social para portadores de transtornos mentais graves (psicose, neuroses graves e demais quadros) que necessitam de cuidados contínuos em função da gravidade e persistência do sofrimento psíquico que apresentam. É focado no atendimento de adolescentes e adultos, que podem procurar o serviço através de encaminhamento ou demanda espontânea.
Endereço: Rua Pastor José Alves de Oliveira, 1328, Camalaú, Cabedelo/PB, Fone: 3250-3241. Horários de atendimento: segunda a sexta (08h às 12h e 13h às 17h).

CAPS AD – Primavera (Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas) – Criado em novembro de 2009, é um serviço de assistência clínico social que presta atendimento às pessoas com necessidades decorrentes do uso de álcool, crack e outras drogas, permitindo um planejamento terapêutico individual a partir de cada situação vivenciada pelo usuário. O seu principal objetivo é promover e evitar internações decorrentes do uso abusivo de drogas e integrar o usuário à família e à comunidade. Também é focado no atendimento de adolescentes e adultos, que podem procurar o serviço através de encaminhamento ou demanda espontânea.
Endereço: Rua Solon de Lucena, 160, Ponta de Matos, Cabedelo/PB, Fone: 3228-1044. Horários de atendimento: segunda a sexta (08h às 12h e 13h às 17h).

Centro Municipal de Referência em Saúde Leonard Mozart (Policlínica) – Esse serviço presta assistência psiquiátrica e psicológica de caráter ambulatorial a pessoas com sofrimento mental leve e moderado, bem como aos casos de psicose com quadro estabilizado. Para ter acesso a este tipo de atendimento é necessário o encaminhamento através das Unidades de Saúde da Família.

Endereço: Rua São Sebastião, s/n, Camalaú, Cabedelo/PB, Fone: 3250-3277.Horários de atendimento: segunda a sexta (07h às 11h e 13h às 17h).

USF/NASF - Unidades de Saúde da Família/ Núcleo de Apoio a Saúde da Família – Este serviço presta cuidados de Promoção e Prevenção em Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas e assistência às pessoas com sofrimento psíquico leve e demais quadros estabilizados.

SECOM - Cabedelo
Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


36 Anos Da Escola Rosa Figueiredo
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180