Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Projeto contra exploração sexual infantil é apresentado ao trade turístico de Cabedelo
1/9/2014 - Secretaria do Turismo

Michael Sampaio



Mobilizar todos aqueles envolvidos com o turismo em Cabedelo para combater a exploração sexual de crianças e adolescentes. Esse foi o objetivo da apresentação do projeto “Torça contra a exploração sexual de crianças, adolescentes e jovens”, que aconteceu na última sexta-feira (29), no Teatro Santa Catarina. A Prefeitura de Cabedelo reuniu donos de bares, hotéis, motéis e postos de gasolina atuantes no município para, juntos, debaterem ações no combate à essa prática na cidade portuária.

À solenidade, compareceram autoridades civis, membros do judiciário, representantes dos programas desenvolvidos pela Secretaria de Ação e Inclusão Social (Semais), lideranças comunitárias, além de presidentes de associações e comerciantes que atenderam à convocação.

O projeto “Torça contra” é uma parceria da Casa Pequeno Davi com o Centro da Mulher 8 de março e o Concern Universal, com patrocínio da Petrobrás, e tem o objetivo de mobilizar sociedade, gestores públicos, organizações sociais, adolescentes e jovens, do sistema de garantia de direitos e toda a mídia para o combate à exploração de crianças, adolescentes e jovens.

A iniciativa é desenvolvida em oito municípios do litoral paraibano, escolhidos devido ao fluxo de turismo na região. Em Cabedelo, além do trade turístico, a ação se estende a duas escolas municipais: José Américo e Plácido de Almeida, onde são realizadas oficinas temáticas que visam desenvolver conceitos sobre cidadania e exploração sexual.

Durante o encontro com o trade turístico da cidade, o prefeito Leto Viana reiterou o compromisso de sua administração para com as causas sociais, principalmente no tocante à proteção à infância e à juventude. “A exploração e o abuso sexual são agressões à pessoa que podem mudar toda a sua personalidade, acarretando problemas psicológicos. Daí a importância de se conscientizar. Como prefeito constitucional do município, estou sempre à disposição do Ministério Público e da sociedade civil para fazermos parcerias de forma planejada”. 

A juíza substituta da infância e da juventude, Graziela Queiroga, destacou o crescimento da exploração de jovens e adolescentes na Paraíba, enfatizando a fragilidade das cidades litorâneas como Cabedelo, e também a redução da faixa etária atingida. “Precisamos nos incomodar com esse problema grave, e uma oportunidade como essa, de trazer ao conhecimento de todos dados, conceitos, números e práticas para que todas as pessoas possam colaborar através da denúncia, é muito válida e importante”, ressaltou. 

Na oportunidade, a juíza também anunciou a edição de uma portaria conjunta entre o juizado e a promotoria para expor leis e normas que estão disponíveis no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que vise disciplinar e coibir os abusos contra jovens e adolescentes. 

Torça Contra – Além do objetivo principal do projeto, que é mobilizar todos os interessados e envolvidos no combate à exploração sexual infantil, a iniciativa busca, ainda, investimentos na capacitação de adolescentes e jovens nos temas transversais; qualificação profissional; e capacitação de profissionais das escolas para atuarem junto às comunidades em que estão inseridos. 

É objetivo da ação, também, incluir familiares em rodas de diálogo sobre formas de prevenção e combate à exploração; incidir sobre as políticas públicas para gerar estratégias no combate à exploração sexual; fortalecer atores e ação do Sistema de Garantias de Direitos (SGD); e, finalmente, realizar campanha de comunicação e mobilização social de combate à exploração sexual de adolescentes e jovens na região metropolitana de João Pessoa.

Cabedelo em rede – O combate à exploração de crianças, adolescentes e jovens na cidade de Cabedelo é viabilizado através do projeto Rede, idealizado, inicialmente, pelo Poder Judiciário e Ministério Público Federal, através da Vara da Infância e Adolescência. Essas instâncias somam-se às várias ações e programas assistenciais existentes em Cabedelo, a exemplo do Cras. Creas, Peti, Projovem e Proerd.

O Projeto, amadurecido através do engajamento de todos os setores envolvidos, pretende levar à sociedade ações coordenadas que façam a diferença, combatendo e reduzindo os casos de abuso e exploração sexual de crianças. 

Presenças - A solenidade de apresentação do projeto “Torça Contra” ao trade turístico de Cabedelo contou com a presença da primeira-dama do município, vereadora Jaqueline Monteiro; do líder do governo na Câmara municipal, Márcio Bezerra; do Juiz titular da 2ª vara da Infância e Juventude de Cabedelo Antônio Silveira; da juíza substituta da Infância e da Juventude, Graziela Queiroga; da Promotora da Infância e da Juventude, Anne Emanuelle; dos  Secretários da  Semais, Euzo da Cunha Chaves; da Educação, Clecy Alves de Vasconcelos; da Cultura, Walmarques Junior; e do Esporte, Clemildo Gomes; além da representante da Casa Pequeno Davi, Valéria Simões; do presidente do Conselho dos direitos da infância e da juventude de Cabedelo, Francisco de Assis; e do Procurador Geral do município, Antonio do Vale Filho. 

Secom Cabedelo













Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Programa Peixe na sua Mesa
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180