Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Palestras e mutirão de exames da próstata marcam atividades do Novembro Azul
24/11/2014 - Secretaria de Saúde

Foto da Internet


Esclarecimento sobre a prevenção e a disponibilização de exames para a comunidade. Essas foram algumas das ações realizadas durante a última semana pelo Centro Municipal de Referência em Saúde Leonardo Mozart – Anexo II da Policlínica, em alusão ao Novembro Azul, iniciativa coordenada pela Secretaria de Saúde de Cabedelo (Sescab).

As ações continuam nesta terça-feira (25), com a realização de um mutirão de exames de próstata, com o médico Rodrigo Campos, a partir das 08h00. Já na quarta-feira (26), será a vez de uma consulta eletiva com o urologista Jarques Lúcio, a partir das 10h00. As duas atividades acontecem no Anexo II.

O Anexo da Policlínica conta com uma equipe de 04 urologistas, sendo dois da equipe profissional da Prefeitura e dois da Faculdade de Ciências Médicas. Para se submeter aos exames, os interessados devem se dirigir à recepção do Anexo e realizar o cadastro.

“Nesse mês, chamado Novembro Azul, o Anexo da Policlínica intensifica a atenção por conta da campanha, mas a rotina do setor é prestar constantemente um serviço amplo, qualificado e humanizado para que os usuários se sintam bem atendidos e à vontade para contar seus problemas. Contamos com uma equipe multiprofissional e buscamos sempre estar junto dos usuários, num corpo a corpo, para prestar um atendimento integral”, explicou Elisandra Gomes Chaves Santos, diretora do Anexo.

Na última terça-feira (18) foi realizada uma palestra com o médico Rodrigo Campos, que teve como temas as doenças relacionadas à próstata, a importância da prevenção e orientações sobre os exames necessários para a detecção da doença. Na quarta-feira (19), um mutirão de exames de próstata reuniu a população masculina da cidade para a realização do exame preventivo ao câncer de próstata.

“É a oportunidade de lembrar aos homens sobre a preocupação que eles têm de ter com o câncer de próstata, e também com outras doenças, das quais eles não têm consciência, não se percebem como portadores, nem que podem também ser transmissores. Além disso, é o momento de contribuir com a quebra dos preconceitos, para que os homens encarem de forma realista os perigos da doença e, a partir dos 40 anos, tenham real preocupação com elas”, destacou Elisandra.

O urologista Rodrigo Campos falou sobre a importância da campanha como um momento de conscientização. “O Novembro Azul não pode ficar restrito a apenas um mês. É preciso que essa consciência e possibilidades se alastrem pelo ano todo para que o homem, no momento oportuno, passe a ter alguns cuidados com a sua saúde. O maior propósito que a campanha pode ter é o de tirar a barreira e o medo que o paciente tem de ir ao seu médico urologista”.

O “médico do homem” – Os últimos 20 anos foram marcados por avanços significativos nos métodos de rastreio do câncer de próstata. “O advento de alguns novos métodos diagnósticos, principalmente o PSA, permitiu que ocorresse um diagnóstico mais precoce, já que, até então, o câncer de próstata era uma doença que, na maioria das vezes, só era diagnosticada em estágios avançados. A facilidade de acesso a exames simples, como o exame digital da próstata e o PSA, permite dar ao paciente uma oportunidade de contar com um diagnóstico precoce e seguro”, ressalta Rodrigo.

O urologista também identifica um novo perfil da sua especialidade em relação à saúde do homem, contribuindo para quebrar os preconceitos existentes quanto ao acompanhamento da saúde do homem.

“Assim como a mulher tem uma médica que cuida da sua saúde, o urologista hoje tenta incorporar o conceito de que o homem precisa de acompanhamento, precisa do seu médico para acompanhá-lo e tirar suas dúvidas em relação aos cuidados com a saúde. É importante que, mesmo sem sentir nada, o homem faça consulta com o urologista e, mais importante ainda, é que o urologista esclareça ao paciente a importância do exame, para que ele entenda melhor a doença que, apesar do nome, tem uma boa probabilidade de cura”.

Quebrando tabus - Josinaldo Gomes da Silva é funcionário público e morador do Monte Castelo. Aos 50 anos foi fazer o exame de próstata pela primeira vez, durante o Mutirão de Exames, realizado no último dia 19, no Anexo da Policlínica. “Acho importante cuidar da saúde, porém esse exame eu nunca fiz, mas me incentivaram muito e apareceu essa oportunidade”.

Já o auxiliar de serviços Jonathan Gonçalves Albuquerque de França, de  23 anos, morador do bairro de Camalaú destacou a importância do Novembro Azul, principalmente pela oportunidade que a população tem de assistir palestras com especialistas. “Essas atividades servem para alertar os homens de que eles devem cuidar mais da saúde. É preciso conscientizar para matar o preconceito que ainda existe com o exame de toque. O câncer é uma doença silenciosa e as pessoas têm que aprender a se cuidar, principalmente os homens, já que as mulheres vivem rotinas com a ida ao ginecologista regularmente, e os homens também precisam aprender essa rotina”.

Genilzon Aires, de 60 anos, funcionário público e morador de Camalaú, cuida da saúde regularmente e, desde os 40 anos, realiza exames preventivos. “É muito importante porque vai combatendo um preconceito que os homens sempre tiveram de fazer o exame de próstata, principalmente quando se trata do toque. É preciso orientação para que eles ajam de forma rotineira. Desde os 40 anos eu faço o PSA e o toque, e aconselho a todos os homens fazerem o mesmo”.

Secom Cabedelo



Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Seminário de Planejamento do Projeto Vivendo Cabedelo
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180