Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Saúde amplia Campanha de combate à AIDS no Dezembro Vermelho
12/12/2014 - Secretaria de Saúde

Foto da Internet


A Secretaria da Saúde de Cabedelo (Sescab) realizou, nesta quinta-feira (11), mais uma ação em rede alusiva à Campanha Nacional do Dezembro Vermelho, que visa o combate à AIDS e outras Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). A ação aconteceu no Anexo da Policlínica e buscou conscientizar a população e ampliar a realização de exames de HIV, Hepatite B e C e Sífilis.

A Vigilância em Saúde de Cabedelo, em parceria com outros setores da Sescab, vem promovendo diversas campanhas importantes, ao mesmo tempo em que consolida várias ações básicas em saúde. O aspecto da integração com outros serviços à população vem tendo continuidade, a exemplo da presença da Casa da Cidadania que, na ocasião, prestou informações e agendamentos para a retirada de carteiras de identidade e de trabalho à população carente.

De acordo com a diretoria do Anexo da Policlínica de Cabedelo, desde o início da campanha, em 02 de dezembro, já foram realizados, aproximadamente, 500 testes para diagnosticar infecção pelo HIV, todos com resultados negativos.

A mobilização vem sendo realizada, em Cabedelo, através de uma ação em rede entre as Secretarias Municipais da Saúde, Comunicação Social e Institucional; Educação e da Cultura; além do Hospital Padre Alfredo Barbosa, Centro Municipal de Referência em Saúde Leonard Mozart, SAE Serviço de Assistência Especializada de Cabedelo, Unidades de Saúde da Família e os profissionais da área de saúde.

“Continuaremos, independente da campanha em andamento, ampliando nossas ações de caráter preventivo, indo em busca da população alvo, facilitando o acesso de todos à Atenção Básica. A condição de cidade portuária nos impõe deferentes desafios, principalmente no combate à AIDS”, explicou Elizete Pimentel, gestora da Vigilância em Saúde.

Informações e tratamento – Segundo dados do Ministério da Saúde, Cabedelo ocupa o 5ºlugar no Estado em número de casos de HIV, com 153 casos detectados, ficando atrás apenas de João Pessoa (1.597 casos), Campina Grande (669 casos), Santa Rita (237 casos) e Bayeux (234 casos). Já o Estado da Paraíba ocupa o 5º lugar no Nordeste, com 4.759 casos de AIDS.

O vírus HIV, causador da Aids, está presente no sangue, sêmen, secreção vaginal e leite materno. A doença pode ser transmitida de várias formas: sexo sem camisinha (vaginal, anal ou oral); da mãe infectada para o filho durante a gestação, parto ou amamentação (também chamada de transmissão vertical); compartilhamento de seringa ou agulha contaminada; transfusão de sangue contaminado, além de instrumentos cortantes não esterilizados.

O tratamento é realizado por meio de medicamentos antirretrovirais e exames de rotina. O teste para detectar a existência do vírus HIV no sangue é gratuito, rápido e seguro, podendo ser realizado por pessoas a partir dos 18 anos. No caso de crianças e ou adolescentes, é necessário ter a autorização do responsável legal.

Para mais informações sobre a doença, bem como a realização de testes de HIV e encaminhamentos para tratamento, deve-se procurar o Serviço de Atendimento Especializado de Cabedelo (SAE), localizado na Travessa São Sebastião, s/n, Bairro Camalaú; telefones (83) 3250-3279; nos horárias das 08h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00. Também é indicado acessar o site do Governo Federal, www.aids.gov.br, ou discar 136.

Secom - Cabedelo



Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Desfile Civico - 7 de Setembro
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180