Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Saúde amplia Campanha de combate à AIDS no Dezembro Vermelho
12/12/2014 - Secretaria de Saúde

Foto da Internet


A Secretaria da Saúde de Cabedelo (Sescab) realizou, nesta quinta-feira (11), mais uma ação em rede alusiva à Campanha Nacional do Dezembro Vermelho, que visa o combate à AIDS e outras Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). A ação aconteceu no Anexo da Policlínica e buscou conscientizar a população e ampliar a realização de exames de HIV, Hepatite B e C e Sífilis.

A Vigilância em Saúde de Cabedelo, em parceria com outros setores da Sescab, vem promovendo diversas campanhas importantes, ao mesmo tempo em que consolida várias ações básicas em saúde. O aspecto da integração com outros serviços à população vem tendo continuidade, a exemplo da presença da Casa da Cidadania que, na ocasião, prestou informações e agendamentos para a retirada de carteiras de identidade e de trabalho à população carente.

De acordo com a diretoria do Anexo da Policlínica de Cabedelo, desde o início da campanha, em 02 de dezembro, já foram realizados, aproximadamente, 500 testes para diagnosticar infecção pelo HIV, todos com resultados negativos.

A mobilização vem sendo realizada, em Cabedelo, através de uma ação em rede entre as Secretarias Municipais da Saúde, Comunicação Social e Institucional; Educação e da Cultura; além do Hospital Padre Alfredo Barbosa, Centro Municipal de Referência em Saúde Leonard Mozart, SAE Serviço de Assistência Especializada de Cabedelo, Unidades de Saúde da Família e os profissionais da área de saúde.

“Continuaremos, independente da campanha em andamento, ampliando nossas ações de caráter preventivo, indo em busca da população alvo, facilitando o acesso de todos à Atenção Básica. A condição de cidade portuária nos impõe deferentes desafios, principalmente no combate à AIDS”, explicou Elizete Pimentel, gestora da Vigilância em Saúde.

Informações e tratamento – Segundo dados do Ministério da Saúde, Cabedelo ocupa o 5ºlugar no Estado em número de casos de HIV, com 153 casos detectados, ficando atrás apenas de João Pessoa (1.597 casos), Campina Grande (669 casos), Santa Rita (237 casos) e Bayeux (234 casos). Já o Estado da Paraíba ocupa o 5º lugar no Nordeste, com 4.759 casos de AIDS.

O vírus HIV, causador da Aids, está presente no sangue, sêmen, secreção vaginal e leite materno. A doença pode ser transmitida de várias formas: sexo sem camisinha (vaginal, anal ou oral); da mãe infectada para o filho durante a gestação, parto ou amamentação (também chamada de transmissão vertical); compartilhamento de seringa ou agulha contaminada; transfusão de sangue contaminado, além de instrumentos cortantes não esterilizados.

O tratamento é realizado por meio de medicamentos antirretrovirais e exames de rotina. O teste para detectar a existência do vírus HIV no sangue é gratuito, rápido e seguro, podendo ser realizado por pessoas a partir dos 18 anos. No caso de crianças e ou adolescentes, é necessário ter a autorização do responsável legal.

Para mais informações sobre a doença, bem como a realização de testes de HIV e encaminhamentos para tratamento, deve-se procurar o Serviço de Atendimento Especializado de Cabedelo (SAE), localizado na Travessa São Sebastião, s/n, Bairro Camalaú; telefones (83) 3250-3279; nos horárias das 08h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00. Também é indicado acessar o site do Governo Federal, www.aids.gov.br, ou discar 136.

Secom - Cabedelo



Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


36 Anos Da Escola Rosa Figueiredo
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180