Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Semapa participa de Oficina técnica de manejo do Parque Estadual Marinho de Areia Vermelha
20/3/2015 - Secretaria de Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura

Michael Sampaio



O secretário de Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura de Cabedelo (Semapa), Walber Farias, participou, nos dias 17 e 18, da Oficina Técnica de Manejo do Parque Estadual Marinho de Areia Vermelha. O evento promovido pela Superintendência de Desenvolvimento do Meio Ambiente do Estado da Paraíba (Sudema) aconteceu no auditório da Fortaleza de Santa Catarina e reuniu representantes de órgãos públicos, associações, organizações não-governamentais, instituições de ensino e líderes comunitários envolvidos, direta ou indiretamente, com o manejo do Parque.

O encontro foi a primeira oportunidade de discussão sobre o plano de manejo, que está sendo elaborado por uma consultoria contratada pela Sudema, através de compensação ambiental. O objetivo do encontro foi, através de processo participativo, apresentar as diretrizes preliminares do plano e ouvir propostas que possam ser anexadas ao plano.

“O plano de manejo é o instrumento que organiza toda a unidade de conservação. Toda a unidade de conservação deveria, por lei, após a criação, em até cinco anos ter o plano, só que isso não ocorre na pratica, muitas unidades de conservação estão aí há mais de 10, 15 anos sem ter um plano. O documento é criado a partir de um trabalho multidisciplinar e vai dar as diretrizes da Unidade de Conservação, ou seja, o que pode e o que não pode fazer na UC, com bases técnicas que levam em conta a parte biológica, sociológica, econômica e os atores envolvidos”, explicou o secretário Walber Farias.

A Prefeitura de Cabedelo, através da Semapa, faz parte da comissão de acompanhamento da elaboração do plano de manejo do parque Areia Vermelha. Para o secretário Walber, a realização dessa primeira audiência pública representa um passo importante na elaboração do plano.  

“Essa é uma das etapas da linha de trabalho prevista pela consultoria e objetiva, sobretudo, permitir aos consultores escutarem as pessoas que estão envolvidas de todos os segmentos, dos comerciantes às organizações públicas. Uma das virtudes desse método é evitar o isolamento do consultor. Ele, muitas vezes, sabe o trabalho, o direcionamento, mas tem que escutar os entes que estão envolvidos. E aqui tem sido bastante participativo”, enfatizou o secretário.

Questões ambientais – O Parque Estadual Marinho de Areia Vermelha, criado em 2000, ainda não dispõe de um plano de manejo que discipline e reordene o turismo na ilha. De acordo com Karina Massei, gestora de Educação Ambiental da Sudema, até hoje foram feitos vários planos emergenciais, mas o atual, que prevê outras reuniões de planejamento durante o ano, traz o diferencial participativo.

“É um momento muito importante, considero até único, porque é um trabalho junto com os lideres comunitários, as organizações e os atores que atuam diretamente ou indiretamente no parque. Essa é a primeira vez que está ocorrendo esta oficina de planejamento. A primeira de uma série porque é importante todo mundo entender como funciona o processo”, acentuou.

A gestora ainda apontou que entre os problemas que afetam a conservação do parque estão a questão dos efluentes, a pesca predatória, o turismo desordenado e, sobretudo, as questões de segurança. Questões que, segundo Karina, são preocupações e atribuições formais dos órgãos governamentais, mas devem ser também da corresponsabilidade, da conscientização das pessoas e de todos segmentos envolvidos.




Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


36 Anos Da Escola Rosa Figueiredo
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180