Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
PMC apresenta Projeto do Parque do Jacaré e já inicia obras de reurbanização após remoção dos bares
4/7/2015 - Secretaria do Turismo




O espetáculo não pode parar. E não vai! Foi o que garantiu a Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), através do secretário de Turismo, Omar Gama, que concedeu uma coletiva à imprensa para apresentar o projeto do novo Parque Turístico do Jacaré nesta sexta-feira (03), no auditório da Empresa Paraibana de Turismo (PBtur), em João Pessoa. A explanação contou, ainda, com intervenções da presidente da PBtur, Ruth Avelino. 

O projeto ilustrativo apresentado demonstrou que o novo Parque do Jacaré contará com mercado de artesanato com 40 boxes; praça de alimentação com 15 estabelecimentos; área de serviços (bancos, correios, informações turísticas, policiamento, dentre outros) com mais 12 boxes; além do espaço para 4 grandes restaurantes que ficarão situados em bases elevadas, possibilitando a ampla visibilidade do espetáculo realizado no rio. A área também comtemplará a valorização dos espaços verdes já existentes, locais para passeios públicos, praças e, principalmente, uma área maior para o público contemplar o Pôr do Sol. 

O secretário de Turismo de Cabedelo aproveitou o espaço para explicar o motivo de a Prefeitura não ter iniciado as ações antes do prazo que o Ministério Público Federal (MPF) determinou para a desocupação dos estabelecimentos comerciais que estavam situados irregularmente em área pertencente ao patrimônio da União.

"Tínhamos que respeitar o prazo dado pela justiça para a retirada dos comerciantes e não podíamos nos antecipar a fazer um processo de licitação antes desse prazo, porque senão seria passivo de anulação. O processo não era entre a Prefeitura e o MPF, ou entre a Prefeitura e os comerciantes. A Prefeitura era apenas coadjuvante. Com todas as intervenções, em diversos momentos, foram conseguidos adiamentos para a liberação da área federal e, depois que o último prazo foi determinado, a Prefeitura não poderia, em hipótese alguma, antecipar quaisquer ações antes do prazo final, 30 de junho, ser cumprido. Por respeito à justiça, a gestão municipal se manteve trabalhando nos projetos, mas sem avançar nada, aguardando que chegasse o momento ideal para que isso acontecesse. Que é a partir de agora", disse.

A PMC garantiu que espetáculo do Pôr do Sol ao som do Bolero de Ravel, um dos principais atrativos do Jacaré, continua. Omar também explicou à imprensa presente as intervenções que serão feitas a partir de agora na área para adequação do novo projeto urbanístico do Parque. 

"Durante a execução das intervenções a movimentação nos demais estabelecimentos, os artesãos e, principalmente, o espetáculo ao som do Bolero de Ravel, continuarão. Nos dois últimos dias, o espetáculo foi realizado sem sonorização, pois o Jurandy tem sido um grande parceiro, amante do seu trabalho e um profissional dedicado que continua fazendo suas belíssimas apresentações.  Na próxima semana, o prefeito Leto Viana, juntamente com uma equipe de secretários municipais, irá para uma audiência no Ministério do Turismo para buscar a agilização desses prazos, fechar os editais licitatórios e, assim, anunciar a previsão para conclusão das obras. Já começamos a colocar iluminação nas áreas que estavam escuras e no píer que está sendo provisoriamente utilizado pelo artista Jurandy do Sax. Estamos também otimizando a sonorização do espetáculo, que era dentro dos estabelecimentos e já está sendo instalado para o passeio público, e ainda a realização da poda das árvores. A Prefeitura já está liberando R$ 200 mil para, logo após a remoção dos escombros, começar a urbanização da área com a reconstrução da calçadinha e a construção do parapeito e alambrado, além da iluminação dos setores onde estão, atualmente, os restaurantes”, destacou.

Omar também fez questão de ressaltar a parceria com os Governo Estadual, através da PBtur, Cagepa e Departamento de Estradas de Rodagem (DER), e Federal na execução do projeto. “A Cagepa fará o esgotamento sanitário do Parque; o DER, a duplicação do acesso à Praia do Jacaré; e a PBTur está nos dando todo o apoio no processo de reurbanização, além do trabalho constante de divulgação do nosso maior produto turístico. O Governo Federal, por sua vez, já sinalizou através do Ministério do Turismo a liberação de recursos na ordem de R$ 1,6 milhão, que serão destinados para o mercado de artesanato e para parte das obras de urbanização do parque. Tudo está sendo realizado de uma maneira muito profissional entre os três governos".

Para Ruth Avelino, a luta da PMC para a manutenção do Jacaré enquanto importante ponto turístico, bem como a sua valorização, é constante e legítima

"Eu acompanho de perto esse engajamento da gestão atual, sei que é forte e intensa. Ratifico que eles não foram omissos, em momento algum, pelo contrário, lutam, com sacrifício, para que as coisas avancem, não só com o Pôr do Sol em Jacaré, mas também com os outros atrativos turísticos da cidade.  Há cerca de um ano que venho me reunindo com o secretário Omar Gama e tratando sobre toda essa questão do Jacaré. Fizemos reuniões com o artista Jurandy, com os comerciantes, barraqueiros, donos de catamarãs, artesãos e eles não pararam em momento nenhum. É claro que, até a conclusão de todo processo, a retirada dos restaurantes não será tão boa e teremos algum prejuízo, mas o espetáculo não vai acabar. O ritual vai continuar, custe o que custar. E é bom que se diga que, a partir de agora, teremos um Pôr do Sol mais democrático, quando a Prefeitura já inicia as intervenções nos espaços públicos. Pois, com todo respeito que tenho aos donos de bares e restaurantes, antes o turista tinha que pagar uma taxa para ter acesso ao espetáculo, e agora será gratuito", afirmou.

Projeto ambicioso- Com o novo Parque Turístico do Jacaré, a expectativa é que o local ganhe um significado mais amplo enquanto atrativo turístico, possibilitando a realização de atividades mais sustentáveis. "O Parque do Jacaré, sem sobra de dúvida, é o maior produto turístico do Estado da Paraíba. Ele é muito mais que somente 4 restaurantes e o Pôr do Sol, e contempla toda população local. Por isso, a Prefeitura tem interesse de manter aquele espaço como um centro de eventos, e vai aproveitar esse momento de mudança para fazer uma grandiosa intervenção, inclusive, possibilitando que o parque, que até hoje era subutilizado, seja melhor ainda aproveitado, principalmente nos horários onde nada funcionava", afirmou Omar Gama.

Presenças – Estavam presentes à coletiva de imprensa o procurador do Município de Cabedelo, Antônio do Vale; e os secretários municipais Walber Farias (Meio Ambiente), Adalberto Magno (Planejamento, Uso e Ocupação do Solo), Rodrigo Martinez (Habitação e Diretor de Projetos Urbanísticos), e Fabrício Magno (Comunicação). Além deles, marcaram presença, ainda, o secretário de Estado de Turismo e Desenvolvimento Econômico da Paraíba, Laplace Guedes; o presidente da Cagepa, Marcus Vinicius Neves o superintendente da Sudema, João Vicente Machado; e o artista Jurandy do Sax. 

Secom Cabedelo








Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Seminário de Planejamento do Projeto Vivendo Cabedelo
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180