Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Cuidadores da Educação Inclusiva participam de Formação continuada
24/7/2015 - Secretaria de Educação

Michael Sampaio



A Secretaria de Educação de Cabedelo (Seduc), através da Diretoria de Educação Inclusiva, realizou nesta quarta e quinta-feira (22 e 23) o primeiro de três encontros anuais para a formação continuada dos cuidadores do município. O encontro aconteceu no auditório da Secretaria para cerca de 100 cuidadores, que foram divididos em três turmas. A iniciativa visa aprimorar os conhecimentos dos servidores para que eles possam, consequentemente, melhorar sua conduta em sala de aula.

O serviço de cuidadores já é oferecido pelo município há cerca de 10 anos, mas, desde o final de 2013, a Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC) vem buscando o aprimoramento na quantidade e na qualidade dessa assistência. De acordo com a Diretoria de Educação Inclusiva, nos primeiros anos, Cabedelo contava com pouquíssimos cuidadores. De 2013 para cá, esse número aumento consideravelmente e, hoje, são pouco mais de 100 cuidadores para atender os alunos com necessidades específicas. 

Para a coordenadora de Educação Inclusiva de Cabedelo, Socorro Feitosa, a capacitação oferecida pela Seduc, além de ofertar novos conteúdos, é também um momento para a troca de experiências entre as cuidadoras e a equipe.

“A capacitação é um momento essencial para a prática em sala de aula desses cuidadores. Nós temos a preocupação de trabalhar sobre o que é o cuidador, reflexões sobre qual é o papel do profissional, quais são as obrigações em sala de aula e falar um pouco sobre as deficiências. Além de refletir sobre a prática pedagógica, que não é função do cuidador, mas ele precisa saber, porque o papel dele é auxiliar, viabilizando a aprendizagem para o aluno, então ele é a ponte entre o professor e o estudante”.

Cabedelo conta com cerca de 200 alunos com deficiência frequentando as aulas nas escolas municipais. Porém, não são todos que precisam desse cuidado personalizado. 

“Nem todo aluno portador de deficiência precisa de cuidadores, apenas os que precisam ser auxiliados na higiene, locomoção, alimentação e outros cuidados ligados à prática pedagógica é que precisam da ajuda desses profissionais. Eles são avaliados e, de acordo com a necessidade, são atendidas as demandas”, explica Socorro.

Referência - A cidade de Cabedelo é referência nesse tipo de atendimento, pois disponibiliza cuidadores para todos os tipos de deficiência (auditiva, locomotiva, visual e mental). Para atender as demandas, é feita uma avaliação prévia para, só depois, ser encaminhado um cuidador que mais se encaixe no perfil do aluno atendido.

Segundo o assessor especial da Seduc, professor Neroaldo Pontes, a política de inclusão no município tem recebido um apoio especial da PMC.

“Aqui há uma política muito forte e engajada de educação inclusiva. O prefeito tem dado todo apoio para que, quando essas crianças e adolescentes estiverem na escola, possam ser ajudados de maneira profissional a captar melhor os conhecimentos, e também ter alguém que cuide de algumas necessidades que eles precisam desenvolver. Às vezes, esses alunos não conseguem sequer escrever, e é o cuidador que ajuda. Além disso, está sendo programado um curso profissionalizante de cuidadores para que essas pessoas possam se desenvolver, e mais adiante participar de um concurso ou de um processo de seleção que necessite de um conhecimento mais técnico da função que eles exercem”. 

Joelma Freire é cuidadora na Creche Santa Catarina e classifica o trabalho desenvolvido por ela como árduo, mas muito recompensador. 

“Eu cuido de uma criança de três anos com paralisia cerebral. Ele anda, mas não fala e não chora e precisa de ajuda para alimentar-se. A gente só sabe que ele está sentindo alguma dor pelas lágrimas. Quando ele começou na creche não sentava, não comia alimentação sólida, só líquida. Agora, ele já está sentando, conseguindo colocar um biscoito na boca e está comendo comida sólida. E de um mês pra cá, ele já está interagindo com os colegas, folheando revista e assistindo desenhos. Além da satisfação ao ver o desenvolvimento da criança, nós temos o apoio da equipe, pois sempre que preciso vou à Secretaria de Ação e Inclusão Social e eles sempre estão prontos para ajudar, esclarecendo dúvidas e trazendo mais recursos para que eu possa trabalhar com a criança”, diz. 

Secom Cabedelo








Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Outubro Rosa 2017
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180