Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Sescab realiza ações de Combate às Hepatites Virais
30/7/2015 - Secretaria de Saúde

Michael Sampaio


“Soube pelo carro de som que passou anunciando e procurei porque queria saber se tinha algum problema. Eu acho ótimo esse tipo de campanha, porque assim todo mundo faz seus exames e fica sabendo o que tem. Dentro de 15 minutos eu recebi o resultado e, graças a Deus, deu negativo. Fiquei muito satisfeita com o atendimento”. Esse foi o depoimento de Marcia Regina, 48 anos, moradora do Centro de Cabedelo, primeira pessoa atendida na tenda montada pela Vigilância Epidemiológica em DST/Aids em frente à Secretaria de Saúde (Sescab) na manhã desta quinta-feira (30). A ação integra as atividades alusivas ao Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais – Dia 28 de Julho que, desde o começo da semana, vem realizando atividades em diversos locais da cidade. 

As ações preventivas e educativas integram as atividades do calendário anual de Campanha de Hepatites Virais. No dia 27, a equipe da Sescab esteve no Porto de Cabedelo; no dia 28, Dia Nacional de Combate às Hepatites Virais, foi a vez do Serviço de Assistência Especializada (SAE) da Policlínica receber a iniciativa, que ainda vai acontecer no próximo dia 4 de agosto, no Hospital e Maternidade Municipal Padre Alfredo Barbosa (HMMPAB).

Foram disponibilizados à população, de forma gratuita, testagens rápidas para hepatites B e C, vacinação de hepatites B, distribuição de preservativos e panfletagem.
 
“A gente busca sempre a prevenção, ou seja, evitar a ocorrência dessas doenças. Então essa campanha tem por base prevenir e ter um diagnóstico rápido para evitar complicações. As Hepatites, se não tratadas, podem levar a outras doenças graves, como cirrose e câncer de fígado. Por isso, estamos sempre investindo na prevenção, no diagnóstico precoce e no tratamento adequado”,  explicou a enfermeira Jéssica Ladyanne, da Vigilância Epidemiológica em DST/Aids.

Tratamento e notificações - Atualmente, os casos de Hepatites diagnosticados em Cabedelo são encaminhados ao Complexo Hospitalar Clementino Fraga (CHCF), em João Pessoa, referência no tratamento especializado em doenças infectocontagiosas. Futuramente, porém, com o novo protocolo de tratamento da hepatite C, que estabelece a mudança do tratamento injetável para o tratamento oral, há a possibilidade da municipalização do acompanhamento, evitando, assim, o deslocamento dos pacientes.

A Vigilância Epidemiológica em DST/AIDS na cidade portuária faz um trabalho rotineiro de acompanhamento da ocorrência de casos de Hepatites no município. O procedimento se dá a partir do registro e comunicação, por parte das Unidades de Saúde, dos casos de DSTs, Sífilis e Hepatites. A partir da notificação, a Vigilância investiga se o caso está sendo tratado, seu andamento, a adequação do tratamento e a ocorrência de curas. 

Regularmente, os testes de Hepatites e outras DSTs são oferecidos em 12 Unidades de Saúde, no Anexo da Policlínica e no SAE da Policlínica.  

Secom Cabedelo



Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


36 Anos Da Escola Rosa Figueiredo
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180