Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Sescab realiza ações de Combate às Hepatites Virais
30/7/2015 - Secretaria de Saúde

Michael Sampaio


“Soube pelo carro de som que passou anunciando e procurei porque queria saber se tinha algum problema. Eu acho ótimo esse tipo de campanha, porque assim todo mundo faz seus exames e fica sabendo o que tem. Dentro de 15 minutos eu recebi o resultado e, graças a Deus, deu negativo. Fiquei muito satisfeita com o atendimento”. Esse foi o depoimento de Marcia Regina, 48 anos, moradora do Centro de Cabedelo, primeira pessoa atendida na tenda montada pela Vigilância Epidemiológica em DST/Aids em frente à Secretaria de Saúde (Sescab) na manhã desta quinta-feira (30). A ação integra as atividades alusivas ao Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais – Dia 28 de Julho que, desde o começo da semana, vem realizando atividades em diversos locais da cidade. 

As ações preventivas e educativas integram as atividades do calendário anual de Campanha de Hepatites Virais. No dia 27, a equipe da Sescab esteve no Porto de Cabedelo; no dia 28, Dia Nacional de Combate às Hepatites Virais, foi a vez do Serviço de Assistência Especializada (SAE) da Policlínica receber a iniciativa, que ainda vai acontecer no próximo dia 4 de agosto, no Hospital e Maternidade Municipal Padre Alfredo Barbosa (HMMPAB).

Foram disponibilizados à população, de forma gratuita, testagens rápidas para hepatites B e C, vacinação de hepatites B, distribuição de preservativos e panfletagem.
 
“A gente busca sempre a prevenção, ou seja, evitar a ocorrência dessas doenças. Então essa campanha tem por base prevenir e ter um diagnóstico rápido para evitar complicações. As Hepatites, se não tratadas, podem levar a outras doenças graves, como cirrose e câncer de fígado. Por isso, estamos sempre investindo na prevenção, no diagnóstico precoce e no tratamento adequado”,  explicou a enfermeira Jéssica Ladyanne, da Vigilância Epidemiológica em DST/Aids.

Tratamento e notificações - Atualmente, os casos de Hepatites diagnosticados em Cabedelo são encaminhados ao Complexo Hospitalar Clementino Fraga (CHCF), em João Pessoa, referência no tratamento especializado em doenças infectocontagiosas. Futuramente, porém, com o novo protocolo de tratamento da hepatite C, que estabelece a mudança do tratamento injetável para o tratamento oral, há a possibilidade da municipalização do acompanhamento, evitando, assim, o deslocamento dos pacientes.

A Vigilância Epidemiológica em DST/AIDS na cidade portuária faz um trabalho rotineiro de acompanhamento da ocorrência de casos de Hepatites no município. O procedimento se dá a partir do registro e comunicação, por parte das Unidades de Saúde, dos casos de DSTs, Sífilis e Hepatites. A partir da notificação, a Vigilância investiga se o caso está sendo tratado, seu andamento, a adequação do tratamento e a ocorrência de curas. 

Regularmente, os testes de Hepatites e outras DSTs são oferecidos em 12 Unidades de Saúde, no Anexo da Policlínica e no SAE da Policlínica.  

Secom Cabedelo



Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Outubro Rosa 2017
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180