Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Cabedelo inicia Campanha Nacional de Hanseníase, Verminose e Tracoma
13/8/2015 - Secretaria de Saúde

Michael Sampaio


A Secretaria de Saúde de Cabedelo (Sescab) deu inicio, nesta quarta-feira (12), à Campanha Nacional de Hanseníase, Verminose e Tracoma. O Centro Imaculada Conceição, em Camalaú, foi o local escolhido para sediar o lançamento da Campanha no Estado, que tem como objetivo reduzir a carga parasitária de geohelmintos (verminoses), identificar casos suspeitos de hanseníase e identificar e tratar casos de tracoma nos município. O foco da ação será nas escolas, já que o público alvo são crianças e adolescentes de 5 a 14 anos de idade matriculados na rede pública de ensino.

A Campanha é uma estratégia integrada e proposta pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (MS) e conta com o apoio das Secretarias de Saúde do Estado e dos municípios. Em Cabedelo, onde não há casos de Tracoma, a principal meta é reduzir a carga parasitária da Verminose em 85% e eliminar totalmente a Hanseníase, fazendo com que a doença deixe de ser um problema de saúde pública. 

As atividades da Campanha incluem orientações aos professores e escolares sobre as doenças a serem trabalhadas na ação e mobilização da comunidade. Para tanto, será utilizado material didático confeccionado pelo MS. 

"Esse é um momento singular. Parabenizo a todos que estão se dedicando nessa campanha para atingir as metas determinadas pelo Ministério da Saúde e, principalmente, pela promoção de saúde pública e humanitária. Essa ação só se fortalecerá se buscarmos parcerias nas escolas e nas famílias. E também devemos prezar por esse binômio educação/saúde, que será muito importante para alcançarmos bons resultados", afirmou o secretário de Saúde de Cabedelo, Jairo Gama. 

Em Cabedelo, a Sescab vai preparar um termo de recusa para os pais ou responsáveis dos alunos decidirem se eles podem ou não ser vacinados contra a Verminose. A equipe de saúde irá em cada escola e realizará a vacinação com a medicação Albendazol. Com relação à Hanseniase, os alunos levam para casa uma ficha de avaliação de autoimagem, que deverá ser preenchida e devolvida à escola sinalizando se há manchas pelo corpo. Os casos suspeitos serão encaminhados às Unidades de Saúde da Família (USF) para avaliação dermatológica.

Na Paraíba, a pretensão é atingir mais de 140 mil estudantes de 1.085 escolas públicas nos 58 municípios prioritários. A gerente executiva de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde, Renata Nóbrega, representou o Governo do Estado no evento, agradeceu a parceria com o município de Cabedelo e fez um alerta aos pais.  

A meta nacional é atingir com prevenção e tratamento os seguintes percentuais no público alvo: 85% para verminoses, 80% para tracoma e 75% para hanseníase. A campanha também pretende fortalecer o objetivo do MS e eliminar as doenças nos próximos dez anos.  

"A escolha de Cabedelo para ser o lançamento dessa campanha é fruto da  parceria que vem sendo realizada há alguns anos no âmbito estadual. Só temos a agradecer por isto e pelas ações realizadas. E essa campanha é muito importante, no sentido de fazer a prevenção e a detecção precoce de casos dessas patologias e também alertar aos pais para que tenham conhecimento e tomem as devidas precauções". 

Em Cabedelo, a Sescab trabalha essas patologias com orientações através do Programa Saúde na Escola (PSE) e também realiza campanhas de conscientização. Além disso, o MS disponibiliza para todas as USF as devidas medicações. 

“São doenças que incapacitam o aluno, física e fisiologicamente, e devem ser devidamente tratadas. Com relação à Hanseníase, que é uma doença de notificação compulsória, temos seis casos confirmados aqui no município. Já com relação à verminoses, não temos como medir essa estatística, mas é grande a incidência de contaminação em pessoas que não consomem alimentos devidamente tratados, principalmente crianças. E como em Cabedelo não há casos de tracoma, não há tratamento no município. Na Paraíba, só existem duas cidades que tratam a doença: Bananeiras e Riachão", destacou a coordenadora do Setor de Doenças Transmissíveis da Sescab, Allana Kalline. 

Presenças - Além das autoridades supracitadas, o lançamento da Campanha no Estado contou com a participação da secretária de Educação do município, Clecy Alves; da diretora geral do Complexo Estadual Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Dr. Clementino Fraga de João Pessoa, Adriana Teixeira; da gerente de Vigilância em Saúde da Sescab, Elisete Pimentel; do vereador Júnior Datele, que representou a Câmara Municipal e o prefeito de Cabedelo; e de professores, pais e alunos.

Hanseníase – A Hanseníase é uma doença crônica e contagiosa, transmitida de pessoa para pessoa ou pelas vias respiratórias.  O principal sintoma é o aparecimento de manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas em qualquer parte do corpo. Normalmente, no local dessas manchas a pessoa não sente dor, calor e nem frio. Outros sinais importantes para identificar a hanseníase é a presença de caroços e formigamento nos pés e mãos.

Verminoses – A verminose se caracteriza pela presença de parasitas intestinais, conhecidos como lombrigas, que causam anemia, dor abdominal e diarreia. Esses parasitas podem prejudicar o desenvolvimento e o rendimento escolar da criança. 

Tracoma – O Tracoma é uma doença inflamatória dos olhos, crônica e recidivante (retorno da doença), que afeta a córnea e a conjuntiva, provocada pela bactéria Chlamydia trachomatis. A transmissão pode ocorrer sempre que houver lesões ativas na conjuntiva pelo contato direto entre as pessoas, ou por contato indireto com mãos ou objetos contaminados (toalhas, lenços, produtos de maquiagem, etc.). 

Para mais informações sobre as doenças e seus tratamentos, pode-se procurar a Vigilância em Saúde de Cabedelo pelo telefone (83) 3250-3141; e o Complexo Estadual Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Dr. Clementino Fraga, através do número (83) 3218-5416. 

Secom Cabedelo
 



Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


36 Anos Da Escola Rosa Figueiredo
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180