Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Enfermeiros do HMMPAB participam de capacitação em classificação de risco
29/9/2015 - Secretaria de Saúde

Foto da Internet


Profissionais de enfermagem do Hospital e Maternidade Municipal Padre Alfredo Barbosa (HMMPAB) participaram, esta semana, de um curso de capacitação em classificação de risco, seguindo as orientações universais do protocolo de Manchester. A iniciativa da Secretaria de Saúde (Sescab) visa humanizar ainda mais o atendimento na unidade hospitalar.

No Protocolo de Manchester, o paciente, ao chegar ao Hospital, é classificado por cores após uma triagem baseada em sintomas, de forma a representar a gravidade do quadro e o tempo de espera para cada um. 

A capacitação foi dividida em aulas práticas e teóricas, ministradas pelo enfermeiro João Batista Rodrigues, professor de Terapia Intensiva na Unipê. Ao todo, o curso contou com oito horas/aula e foi realizado nestas segunda e terça-feira (28 e 29) no auditório do gabinete da Prefeitura Municipal para 25 enfermeiros do HMMPAB.

"O foco desse curso é capacitar os profissionais que estão na linha de frente do Hospital para que o acolhimento seja mais humanizado. Que eles possam atender aos usuários da maneira que gostariam de ser atendidos. O protocolo de Manchester nos dá um norte de como deve ser a classificação de risco. A classificação bem feita, além de encaminhar bem o paciente, também determina seu bem estar naquele ambiente", afirmou a diretora geral do HMMPAB, Jussara Pascoal. 

Com bastante experiência na área, o enfermeiro João Batista Rodrigues parabenizou a preocupação dos gestores de Cabedelo com o tratamento aos usuários e à população.
"Eu acho que a Prefeitura de Cabedelo está de parabéns, pois eu penso que a iniciativa é pioneira no Estado. E o mais importante é que está sendo trabalhada a conscientização dos profissionais, para que atendam os pacientes de uma forma ética e respeitosa". 

Os enfermeiros que participaram do curso esperam vivenciar na prática o que foi visto na teoria, e demonstraram muito interesse para que os pacientes sejam, de fato, os principais beneficiados com essa capacitação.

A enfermeira Socorro Leite, atuando há 20 anos no quadro efetivo do HMMPAB, elogiou a iniciativa.

"É de muita importância tanto para os profissionais do Hospital quanto para a população. A classificação de risco é essencial, e agora, com essa preparação, está sendo devidamente implantada em Cabedelo".

Protocolo de Manchester – O Protocolo de Manchester recebeu este nome por ter sido aplicado pela primeira vez na cidade de Manchester, em 1997. Hoje, vários países da Europa já utilizam o sistema de forma praticamente integral.

No Brasil, foi utilizado pela primeira vez em 2008, no Estado de Minas Gerais, como estratégia para reduzir a superlotação nas portas dos pronto- socorros e hospitais. Hoje, ele é acreditado pelo Ministério da Saúde, Ordem dos Enfermeiros, Ordem dos Médicos e é entendido como uma evolução no atendimento aos que recorrem a um Serviço de Urgência.

Após uma triagem baseada nos sintomas, o paciente é classificado por cores que representam o grau de gravidade e o tempo de espera recomendado para atendimento. Aos doentes com patologias mais graves é atribuída a cor vermelha, atendimento imediato; os casos muito urgentes recebem a cor laranja, com um tempo de espera recomendado de dez minutos; os casos urgentes, com a cor amarela, têm um tempo de espera recomendado de 60 minutos. Os doentes que recebem a cor verde e azul são casos de menor gravidade (pouco ou não urgentes) que, como tal, devem ser atendidos no espaço de duas e quatro horas.
Secom Cabedelo



Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Seminário de Planejamento do Projeto Vivendo Cabedelo
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180