Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Dia Municipal da Pessoa com Deficiência é celebrado com atividades recreativas em Formosa
9/11/2015 - Secretaria de Ação e Inclusão Social

Igo Viana


No domingo (8), foi comemorado o Dia Municipal da Inclusão e Luta da Pessoa com Deficiência. A data foi instituída na cidade através de um Projeto de Lei da vereadora Jacqueline Monteiro, primeira-dama do município, e consolidou o pioneirismo e a vocação de Cabedelo para com a causa da Inclusão Social. 

A comemoração pelo Dia foi marcada com uma descontraída atividade na praia Formosa, promovida pela Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), em parceria com a Associação de Mães e Pais de Pessoas com Deficiência de Cabedelo (Amapedec), Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência de Cabedelo e Assessoria e Consultoria para Inclusão Social de João Pessoa (AC Social).

Pessoas com deficiência, familiares e acompanhantes participaram de diversas atividades recreativas, incluindo banho de mar e um café da manhã especialmente preparado para eles. Tudo animado por um mini-trio elétrico. As atividades começaram logo cedo, às 7h, com o hasteamento da bandeira na Praça do Marinheiro, que contou com a presença do prefeito Leto Viana e, claro, da primeira-dama Jacqueline Monteiro, que não segurou a emoção ao falar da causa. 

"Essa data de hoje é muito especial para mim, particularmente, e também representa uma grande conquista para a cidade de Cabedelo. Interação, partilha, paciência, dedicação e muito amor são sentimentos que emanam de quem participa das comemorações do Dia Municipal da Luta da Pessoa com Deficiência . Esse gesto demonstra a sensibilidade do poder público, dos órgãos não-governamentais e da sociedade para com uma causa tão delicada, e ainda redireciona nossas atitudes como cristãos. Sigamos fortes nessa luta", afirmou Jacqueline.

Para a realização do Dia Municipal da Inclusão e Luta da Pessoa com Deficiência em Cabedelo, a Semais contou com a parceria da AC Social de João Pessoa e da educadora física Rosalândia Pessoa, que também integra a Coordenação de Inclusão da Semais. 

"Nos programamos esse dia em parceria com a AC Social e já estamos estudando a aplicação desse projeto aqui na cidade. Essa gestão tem pensando nas necessidades das pessoas com deficiência para dar uma melhor qualidade de vida. E, por isso, estamos buscando parcerias para trazer mais esportes e atividades adaptados a eles, além da ampliação das atividades desportivas que já são realizadas, a exemplo da bocha e do atletismo", destacou Rosalândia. 

Com cadeiras adaptáveis que trafegam na areia e até ficam submersas na água do mar, os voluntários da AC Social proporcionaram uma dia muito especial em Cabedelo. O presidente da entidade, Genilson Lima, que coordena o projeto da praia acessível, desenvolvido há 3 anos na orla da praia do Cabo Branco, em João Pessoa, detalhou a importância do projeto. 

"A AC Social vem tentando quebrar barreiras sociais, desenvolvendo atividades, fazendo parcerias e adquirindo equipamentos que facilitam o acesso de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida aos locais mais interessantes, a exemplo da praia. É muito gostoso proporcionar lazer e prazer a todos", afirmou Genilson, que é paraplégico.

Diversas pessoas compareceram para prestigiar e dar sua colaboração nas festividades, além de se dedicarem a passar o domingo de praia sendo solidários à causa da pessoa com deficiência. A presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência de Cabedelo, Edna Pereira, comemorou.

"Cabedelo é quem está de parabéns pela celebração do dia 8 de novembro. Essa manhã de lazer e de praia acessível para as pessoas com deficiência da nossa cidade foi uma ideia muito boa. Parabenizamos a todos os envolvidos e, em especial, a vereadora Jaqueline, mentora do projeto de lei que efetivou essa data estimulando essa nossa luta".

Gabriela Soares, coordenadora do Grupo Inclusão é Show , da Secretaria de Ação e Inclusão Social (Semais), falou sobre as conquistas que as pessoas com deficiência vêm obtendo na cidade.

"Ter deficiência não é opção e é muito importante comemorar esse dia. Até porque são poucos os municípios que fazem esse tipo de ação. Temos motivos para celebrar porque, atualmente, no nosso município, a pessoa com deficiência tem direito à saúde, educação, cultura, transporte, esporte e lazer, além de órgãos que lutam diariamente pela causa. Tudo isso foi conseguido através da criação dessa lei".

Felicidade sem tamanho - Ao brincar na areia e tomar banho de praia com os voluntários, a jovem paraplégica Kathullen Caroline, de 23 anos, falou, emocionada, sobre a experiência, "Eu nunca pensei em ter uma praia acessível aqui em Cabedelo. Eu já tinha escutado falar desse projeto e estava ansiosa. E é muito bom estar junto com todos nesse dia". 

Viver esse momento de alegria e comunhão também emocionou Fabiana Assis, mãe de Nathaly, que possui deficiência física. "Eu estou achando tudo maravilhoso. Porque essas pessoas precisam de atividade e de lazer. E nós vivemos numa sociedade preconceituosa, em que muitos pais ainda escondem seus filhos por medo da discriminação das pessoas. Mas esses pais precisam conhecer esse trabalho em Cabedelo para saber que existem pessoas que olham pelos nossos filhos como iguais. A Prefeitura tem dado suporte ao Conselho e às Associações e, assim, temos tido apoio dessas pessoas que amam e aceitam nossos filhos como eles são".

Secom Cabedelo



Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Festival de Crochê
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180