Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos realiza Festival de Cultura Afro
25/11/2015 - Secretaria de Ação e Inclusão Social

Antonio Suelinton



Cerca de 100 usuários, facilitadores e orientadores do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) reuniram-se, nesta terça-feira (24), no Teatro Santa Catarina, para a apresentação do I Festival de Cultura Afro. A iniciativa, organizada pelo programa assistencial, teve por objetivo apresentar os trabalhos desenvolvidos durante todo mês de novembro.  

A temática abordada no Festival é fruto do planejamento das equipes do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e do Reviver I e II, que trabalharam, neste mês, a cultura afro, em virtude da comemoração do Dia nacional da Consciência Negra – 20 de novembro.

“O SCFV trabalha o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. E a cada mês nós desenvolvemos um planejamento com uma temática dentro dos eixos pertinentes ao nosso trabalho - participação, direito de ser e convivência social. Dentro dessa temática, a gente trabalhou os direitos, a inclusão, a inserção social e o conhecimento de outras culturas”, destaca a coordenadora da Proteção Social Básica, Viviane Menezes. 

O I Festival de Cultura Afro contou com a apresentação dos elementos marcantes da cultura negra, desenhos, pinturas, poesia, grupo de percussão, rap, hip hop, capoeira e teatro.

Segundo o orientador social e facilitador da Oficina de Música e Percussão, David Gomes, trabalhar a temática com música, enriquece os usuários do programa culturalmente, e tem uma grande aceitação por parte das crianças.

“A percussão já é originalmente da África e fica fácil trabalhar essa temática a partir daí. Foi muito agradável trabalhar com as crianças. Nós começamos a ver de onde vieram os ritmos e os instrumentos. Depois, nós trabalhamos as músicas da Bahia, além dos ritmos que já vemos cotidianamente, como o samba, maracatu, ciranda e o afoxé, em conjunto com a coreografia, sempre buscando a valorização da cultura”.

Abordar a cultura afro através das oficinas, além de transmitir a mensagem da valorização da cultura negra e igualdade racial, facilita a compreensão das crianças, gerando aprendizado. 

“Foi muito bom. Eu aprendi que a gente não pode ter preconceito com os negros, e que o que os brancos podem ter, os negros também podem”. “Achei muito legal conhecer mais a cultura negra. Também aprendemos que não devemos ter racismo por causa da cor da pele da pessoa, e isso pode mudar muito o nosso jeito de agir” – afirmaram Diogo Victor e Carla Alane, ambos de 12 anos e usuários do Reviver II.

SCFV – O SCFV, antigo Peti de Cabedelo, funciona no Bairro Renascer III, à Rua São Gabriel, nº 617, e atende a cerca de 150 alunos, entre crianças e adolescentes na faixa etária de 6 a 15 anos, que participam diariamente de oficinas de Artes, Informática, Recreação, Dança e Matemática. Atualmente, estão sendo atendidos 57 jovens pela manhã e 83 no turno da tarde. Cada um deles ainda recebe uma Bolsa Família ou “PetiBolsa” por mês.

No local, os alunos ainda dispõem de quadra poliesportiva, consultório odontológico e equipamentos de informática.

As atividades acontecem em horário oposto ao da frequência das aulas normais, e servem como um complemento e uma forma de ocupar o tempo de crianças e adolescentes com atividades de formação, para que eles não sejam obrigados a trabalhar.

Secom Cabedelo











Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


36 Anos Da Escola Rosa Figueiredo
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180