Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Artesãs participam de aula inaugural do Projeto Ondinas de Cabedelo
31/3/2016 - Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres

Michael Sampaio



“Somos mulheres e homens com garra e, graças a Deus, essa gestão abriu essa porta que, com certeza, irá se transformar num grande portal. O projeto é bem-vindo e sei que vai ser sucesso aqui, lá fora e vai ficar na história de Cabedelo. Essa é uma mostra de uma gestão que tem um olhar preocupado com seus artesãos”. A declaração, cheia de orgulho, é da presidente da Associação dos Artesãos Farol de Cabedelo, Tereza Júlio, que, junto a outras 60 artesãs, participou da aula inaugural do Projeto Ondinas Cabedelo, que aconteceu nesta quinta-feira (31). 

A Oficina de Criação e Planejamento de Produtos Artesanais será ministrada pelo estilista Léo Mendonça, em uma iniciativa da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPM). A aula é o pontapé inicial do Ondinas de Cabedelo, projeto que tem como metas capacitar e dar maior visibilidade à produção das artesãs locais.

A Oficina, que terá a duração de três meses, tem por objetivo final elaborar uma coleção de moda (roupas e acessórios). Para tanto, o conteúdo programático prevê a abordagem de temas como moda, empreendedorismo, administração financeira e vendas. 

A primeira-dama do município, Jacqueline Monteiro, idealizadora do Ondinas, destacou a importância da mulher na sociedade, a força da organização delas na conquista de espaços e o valor da união de energias para a valorização de seus trabalhos.

“Temos hoje aqui cerca de 60 artistas, em sua grande maioria mulheres, que tem uma coisa em comum: a habilidade manual de produzir arte para fazer cultura. A produção da arte que sabem fazer contribui para um mundo mais humanizado. Por isso, é preciso que seus trabalhos sejam valorizados, que possam contribuir para a melhoria da qualidade de vida. Para que alcancem autonomia financeira, é necessário que seus produtos façam parte de uma cadeia produtiva, que encontrem mercado e que sejam competitivas”, declarou.

A secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, Mônica Pimentel, destacou o protagonismo das artesãs na realização do Projeto.

“As artesãs são as estrelas desse projeto. Queremos, com ele, juntar o talento delas, cada uma com seu fazer especifico, para produzir uma coleção de modas e mostrar a cara do artesanato de Cabedelo para todo o país. Hoje iniciamos um caminho e confio que será uma trilha repletas de êxitos. Confiamos, sobretudo, no empenho e no compromisso de cada polo envolvido no Projeto”. 

Quem vai coordenar essa primeira etapa do projeto é o estilista, produtor de moda e consultor de estilo e imagem, Léo Mendonça. Segundo ele, sua participação será para levar um olhar fashion às produções das artesãs. 

“O que me proponho com esse projeto é não só trazer uma capacitação, pois elas já têm suas técnicas de artesanato que utilizam de forma admirável. O que venho trazer é o olhar do designer de moda, ou seja, enriquecer o lado artístico para as técnicas que elas já utilizam e dominam de maneira exemplar. Minha expectativa, diante do apoio que venho recebendo da Prefeitura e do nível de participação das artesãs, é poder realizar um trabalho grandioso com a marca Ondinas, que foi criada para inseri-las no maior mercado possível, não só na cidade, mas em todo o Brasil e, quem sabe, no mundo”, destacou.

A Oficina de Criação e Planejamento de Produtos Artesanais terá a duração de três meses e as aulas acontecerão no auditório da Semais, nas terças e quintas feiras, com turmas divididas por turnos, para que todas as inscritas possam participar. As aulas seguem no próximo dia 5 e acontecem pela manhã, das 9h às 12 h; e à tarde, das 13h30 às 16h30.

Homenagem e expectativas – Durante a cerimônia, a primeira-dama Jacqueline Monteiro entregou o título de honra ao mérito cabedelense à artesã Maria Josilene Bernardo de Souto, a Jô do Osso. A comenda foi concedia pela Câmara Municipal de Cabedelo por conta da visibilidade que Jô deu ao artesanato local, nacionalmente e internacionalmente, em favor do desenvolvimento econômico e social do município. Na ocasião, a homenageada falou sobre suas expectativas sobre o projeto.

“A expectativa é que o Ondinas venha trazer apoio para nós, artesãs, e um desenvolvimento para Cabedelo. Sobretudo, o desenvolvimento do turismo, pois o turista também é atraído pelo trabalho bonito que o artesanato pode mostrar. Esse é um dos primeiros projetos que participo e o que mais me cativou, pois tem fundamento numa área que também trabalho, que é a moda. Acho que vai ser muito importante para a gente. Foi uma boa iniciativa da Prefeitura e espero que saibamos aproveitar a oportunidade que está sendo dada”, disse. 

Ondinas - O nome do projeto é uma referência aos elementos aquáticos que traduzem os mistérios da beleza, da sedução, da sensualidade, do romantismo e da energia da água. As ondinas são as guardiãs da água. É também uma referência à tendência dominante entre os artesãos cabedelenses de trabalhar com subprodutos da atividade pesqueira, como mariscos e escamas de peixe, atividade na qual é pioneira.

Secom Cabedelo





Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Seminário de Planejamento do Projeto Vivendo Cabedelo
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180