Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Equipe de escola municipal é destaque em Olimpíada Nacional de História do Brasil
1/6/2016 - Secretaria de Educação

Michael Sampaio


Uma equipe de alunas do 9º ano da Escola Municipal Rosa de Figueiredo está na disputa na 4ª fase da 8ª Olimpíada Nacional de História do Brasil (ONHB), evento do qual participam estudantes de escolas públicas e particulares de todo o país. A equipe do Rosa é uma das 111 de escolas paraibanas a atingir essa fase da competição e, nacionalmente, uma das 4.048 equipes participantes.

O grupo, intitulada Fab Three, é formada pelas alunas Thayná Rodrigues, Laís Ribeiro e Mariana Abreu, orientadas pelo professor de História e Sociologia, Washington Feitosa.

“Das 8 edições do evento, a escola já participou de 7. Nas últimas 6 edições, nós conseguimos chegar até a quinta etapa. E essa é a Olimpíada mais difícil, mais complicada do Brasil, muito embora não seja a mais divulgada. Todas as outras Olimpíadas contam com uma ou duas etapas, e essa são seis. A partir da inscrição, da montagem da equipe, a participação se dá através de uma site específico onde temos acesso às onze questões e tarefas correspondentes a cada fase, e a equipe tem uma semana para responder. São questões que exigem largo conhecimento e muita pesquisa, disponibilidade do professor e dedicação da direção da escola”, explicou o professor Feitosa.

Ainda de acordo com o orientador, a disputa - que reúne alunos de 8º, 9º do ensino fundamental e 1º, 2º e 3º do ensino médio de escolas públicas e privadas do país inteiro - objetiva premiar realmente o mérito do saber, com o aprofundamento de determinadas questões, como os Movimentos Sociais, tema norteador da competição este ano.

A 4ª fase da Olimpíada – penúltima etapa online – teve início na última segunda-feira (30), com a participação de 4.048 equipes, 60% do total de integrantes da fase anterior, conforme informação dos organizadores. Essa etapa online termina às 23h59 deste sábado (4), quando as equipes têm que entregar a prova por meio do site oficial.

Dedicação e incentivo – As componentes da equipe são unânimes em afirmar a importância da Olimpíada em sua formação, a oportunidade de ampliar os conhecimentos, o incentivo e a dedicação da escola.
 
“É muito bom porque você sabe que está fazendo uma coisa que vai trazer experiências novas e conhecimento. Assuntos que você não sabia, maior domínio de métodos de pesquisa e estudo, tudo contribui muito para seu currículo e para seu crescimento como pessoa”, declarou Laís Ribeiro.

Mariana Abreu, que participa pela primeira vez da Olimpíada, falou de sua satisfação em integrar a equipe e da ampliação do conhecimento que vem experimentando com o grupo.

“Eu não sabia como a experiência era boa, porque não participei o ano passado. Esse ano fui chamada pelo professor e é incrível, porque, além de aprender mais, pudemos explorar assuntos que já havíamos estudado de uma forma mais ampliada. Essa é uma oportunidade muito boa e um desafio para nós”. 

Já Thayná Rodrigues destacou a imersão na História do Brasil, o incentivo por parte da escola e a dedicação do orientador. 

“Participar da Olimpíada é uma coisa muito boa que está trazendo cada vez mais conhecimento para nós. Temos a oportunidade de saber mais sobre a história do próprio país através do estudo e da pesquisa para responder as questões. Isso contribui muito, tanto para a nossa vida lá fora, como aqui dentro da própria escola. É um aprendizado muito bom pra gente. Por outro lado, a diretora incentiva muito a nossa participação. Sempre que aparece algum concurso ela avisa e pede para gente se inscrever. E o professor está sempre aqui, mesmo à noite, como aconteceu na edição passada. É uma ajuda muito importante para nos incentivar a continuar aprendendo”, concluiu.

A Olimpíada – Realizada anualmente, a ONHB é promovida pelo Departamento de História da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ); Associação dos Professores Universitários de História (ANPUH) e Rádio Jovem Pan.

A Olimpíada é realizada por equipes compostas por 4 pessoas: 3 estudantes (8º e 9º anos do ensino fundamental e qualquer ano do ensino médio) e o professor de História do colégio. As cinco fases online duram uma semana, cada uma, e as respostas são obtidas pelos participantes por meio do debate com os colegas de equipe e a pesquisa em livros, internet e com os professores.

A competição é composta por cinco fases virtuais (online) e uma fase final presencial. Nesta fase, um mínimo de 800 finalistas vão até a Unicamp, onde realizam uma prova dissertativa e, após o resultado, têm direito a medalhas.

Secom Cabedelo
 




Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Programa Peixe na sua Mesa
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180