Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Cultura negra será tema de debates nas escolas municipais até o final do mês
18/11/2016 - Secretaria de Educação

Michael Sampaio


A Secretaria de Educação de Cabedelo (Seduc), por meio das Coordenações de Cultura Afro-Brasileira e de Artes e Cultura Escolar, realizou, nesta sexta-feira (18), a abertura da Semana da Consciência Negra no município. O evento, que aconteceu no auditório do órgão, reuniu supervisores escolares e  professores de Artes e História, e serviu como pontapé inicial para as atividades relativas à semana que, este ano, serão desenvolvidas nas escolas até o dia 31. 

O encontro – que é uma forma de celebrar e reforçar o cumprimento de Lei Federal 10.639/03, que institui o ensino da história e da cultura afro-brasileira na rede de ensino – teve como tema “Valorização da cultura negra”, explorado na palestra da pedagoga Priscila Dias. A sessão também contou com a participação de alunos da Escola Marizelda Lira da Silva, que apresentaram um repente sobre o mote “Imagina o Brasil sem preconceito e lutando contra o racismo”.

“A consciência negra não vai ser apenas um dia, mas sim uma prática cotidiana, uma forma de levar nossos alunos a refletirem, a lutarem contra o preconceito, a combaterem certas práticas e a quebrarem certas barreiras que, de certa forma, permanecem dentro de nossas escolas. Esse evento é bastante expressivo para que possamos, também, demonstrar que toda a rede de ensino vem trabalhando essa temática, pois desde a educação infantil devemos levar esse pensamento e contribuir com a mudança de mentalidade”, declarou o secretário da Educação, Alsony Meireles. 

Para a coordenadora do Centro de Artes e Cultura, Marileide Lourenço, a atividade dirigida incentiva a participação dos alunos e da comunidade escolar no aprendizado e na ampliação da consciência.

“Percebemos que o ano cultural já produz uma mobilização muito grande, e as crianças e adolescente interagem mais e se interessam. A Semana da Consciência Negra será mais uma forma de trazer o tema da cultura negra e buscar mais engajamento de toda equipe escolar, mais incentivo para o alunado estudar e pesquisar o assunto, que é tão importante para nós, brasileiros, pela questão, inclusive, da nossa formação enquanto povo”.

Durante sua explanação, além de elogiar as iniciativas cabedelenses no campo da promoção da cultura e da consciência negra, a pedagoga Priscila Dias destacou o trabalho desenvolvido na escola em todas as séries.

“O primeiro momento da consciência é acreditar que esse não é um momento ímpar, ele não é único no ano, ele faz parte de um processo que foi muito bem elaborado em Cabedelo. Aqui, descentralizamos as atividades e levamos para as escolas não só o conhecimento sólido, mas a informação do cotidiano para nossos alunos, para nossas comunidades, para os nossos colegas educadores”. 

Consciência e Cultura – A introdução do ensino da história e da cultura afro-brasileira no currículo oficial da rede de ensino foi instituído pela Lei 10.639/2003. A mesma lei institui no calendário escolar o dia 20 de novembro como Dia Nacional da Consciência Negra.

Em Cabedelo, a Lei Municipal 1.763/2015 definiu o dia 17 de novembro, como Dia Municipal da Consciência Negra. 

Secom Cabedelo



Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Seminário de Planejamento do Projeto Vivendo Cabedelo
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180