Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Cabedelo elabora Plano de Contingência no combate à Dengue, Chikungunya e Zika Virus para 2017
20/2/2017 - Secretaria de Saúde

Design Secom



A Secretaria de Saúde de Cabedelo (Sescab), por meio da coordenação da Vigilância em Saúde, realizou, na semana passada, uma reunião para o lançamento do seu Plano de Contingência no Combate à Dengue, Chikungunya e Zika Virus 2017. O encontro contou com a participação de representantes das várias áreas de governo que compõem o Comitê Gestor de Combate ao Aedes Aegypti, ligado aos trabalhos de controle e combate às doenças transmitidas pelo mosquito.

Desde 2014 Cabedelo mantém-se dentro dos parâmetros abaixo de 1% no Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti (LIRAa),  recomendado pelo Ministério da Saúde (MS). Porém, sua condição de cidade portuária e turística, deixa o município exposto a uma eventual epidemia. Por essa razão, a Sescab vem atuando preventivamente durante os períodos mais críticos de proliferação dessas doenças.

“São medidas cautelares que, somadas às ações emergenciais que colocamos em prática, pretendem minimizar os efeitos das chuvas mais frequentes neste período do ano, quando o Aedes Aegypti se reproduz com mais intensidade. Neste momento, o importante é que somemos todos os esforços, tanto o poder público como cada cidadão, no sentido de declarar guerra ao mosquito”, comenta a gestora de Vigilância em Saúde, Elisete Pimentel. 

Desde dezembro de 2016 foi constituída uma Comissão Executiva de Emergência para monitorar os pontos críticos e por em prática algumas ações emergenciais, ao lado das demais de caráter continuado, organizadas em dois eixos de ações principais:

Eixo 01 – Redução da ocorrência de formas graves dessas doenças. Preconiza ações de apoio técnico aos profissionais da Atenção Básica para o manejo dessas doenças; coleta de amostras de sangue dos casos notificados para encerramento por critério laboratorial; ampliação do número de coletas para isolamento viral para detecção do sorotipo circulante; adequação e distribuição do fluxograma com classificação de risco e manejo adequado do paciente com suspeita da doença; monitoramento do número de atendimentos dos pacientes suspeitos da doença e sua evolução para os sinais clínicos da forma grave; investigação e encerramento dos casos suspeitos nos prazos estabelecidos pelo MS; monitoramento e avaliação semanal dos casos suspeitos, informando a Vigilância Ambiental e ao 1º NRS; emissão anual de boletim epidemiológico informativo da situação dessa doenças no município.

Eixo 02 – Redução dos Índices de Infestação Predial (LIRA) para abaixo de 1% em todas as áreas críticas, através do fortalecimento do controle setorial. Esse eixo tem como objetivos específicos a realização de pesquisas para índice de infestação predial; intensificação do monitoramento do Aedes Aegypti nos pontos estratégicos; realização de bloqueios com tratamento focal e perifocal (bomba costal e/ou UBV), eliminação de criadouros e ações educativas nas localidades de maior incidência do vetor; e realização diagnóstico para identificação da origem das pendências do trabalho de rotina e planejamento de ações para redução dos índices dos imóveis não trabalhados.

Constam, ainda, nesse eixo de ação, a manutenção de visitas domiciliares, casa a casa, para eliminação de focos de mosquitos por meio dos controles mecânicos, químicos, biológicos, e de ações educativas; realização de ações conjuntas de Educação em Saúde no combate às doenças, através da Secretaria de Educação, que envolvam diretores, professores, alunos, pais, profissionais de saúde e comunidades; e a efetivação, articulação e monitoramento das ações de mobilização para a prevenção e eliminação de focos de Aedes Aegypti e Albopictus, com a atribuição de acompanhar e avaliar periodicamente o cumprimento das ações de combate ao vetor das doenças.

Coordenadas pelas Vigilâncias Ambiental e Epidemiológica, todas as ações previstas no Plano de Contingência preveem a participação integrada das Secretarias Municipais da Saúde (Sescab), Educação (Seduc), Infraestrutura (Seinfra), Meio Ambiente (Semapa), Turismo (Setur), Cultura (Secult), Planejamento (Seplan) e Comunicação Social e Institucional (Secom), além da Vigilância Sanitária. 

Secom Cabedelo





Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Reforma e Ampliação da Escola Miranda Burity
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180