Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
IV Fórum da Mulher é marcado por palestras e pelo lançamento oficial do projeto Mel de Rosas
9/3/2017 - Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres

Michael Sampaio



A Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPM) realizou, nesta quinta-feira (9), o IV Fórum da Mulher de Cabedelo. O evento, que faz parte das comemorações do Dia Internacional da Mulher – 8 de março, levou ao Cabedelo Clube um público formado por autoridades, vereadores e pessoas da comunidade para discutir o tema Mulher, Família e Sociedade.

O evento contou, também, com café da manhã, apresentações artísticas, exposição das peças da coleção do Projeto Ondinas, homenagens a três mulheres da comunidade por suas histórias de vida e luta contra o câncer e lançamento oficial do projeto Mel de Rosas, que vai dar apoio às mulheres vítimas de câncer e violência. 

Presente ao evento, a primeira-dama Jacqueline Monteiro ressaltou as ações desenvolvidas pela Prefeitura em prol das mulheres cabedelenses a partir da própria criação da SEPM e dos trabalhos encampados por outras Secretarias. 

“Gostaria de parabenizar a secretária Mônica Pimentel e toda sua equipe da SEPM pela realização desse Fórum do Dia Internacional da Mulher, sobretudo pela felicidade da escolha do tema ‘Mulher, Família e Sociedade’. Sabemos da importância da mulher na família e na sociedade, e a responsabilidade que ela tem para com esses segmentos exigem mais compromissos, dedicação, amor e zelo. Por outro lado, ela também é incompreendida por muitos homens que maltratam, julgam e descriminam, e tudo isso é inaceitável em pleno século XXI. Daí a importância das políticas voltadas para elas e a discussão permanente de sua condição em encontros como esse. Todo nosso trabalho parlamentar e da gestão tem sido feito para que essas políticas aconteçam. Esperamos que, com a irmandade de mulheres, com a união, com a força do trabalho que é feito aqui, possamos nos fortalecer muito mais em busca de dias e oportunidades melhores para as mulheres da nossa cidade”, declarou.

A secretária da SEPM, Mônica Pimentel, destacou a realização do Fórum como um momento de discutir o papel da mulher na sociedade, mas também de celebrar os avanços que as políticas públicas para as mulheres têm consolidado em Cabedelo.   

“O Fórum marca três anos e meio de existência da SEPM, e percebemos que a cada ano a Secretaria fica mais sólida, respeitada e conhecida. É um momento reservado para celebrar o Dia Internacional da Mulher com o aprendizado e alegria. Em todo o Estado, há cerca de 40 organismos ou Secretarias voltadas para as mulheres. Percebemos que Cabedelo é uma das Secretarias que mais tem caprichado na elaboração e na execução de projetos e ações. E isso é fruto de um trabalho e do apoio que sempre tivemos por parte da gestão, bem como de uma integração e união de forças com as demais pastas. As mulheres de Cabedelo têm muito a comemorar, pois a partir do momento em que um gestor e uma primeira-dama têm um olhar sensível para as políticas públicas para as mulheres e implantam uma Secretaria especifica para a causa, demonstram ter realmente um cuidado e um carinho com todas as cabedelenses”. 

O tema central do encontro foi discutido pela assessora jurídica da SEPM, Juliana Athaide, que em sua palestra abordou a mulher e seus papeis na contemporaneidade, seus posicionamentos e as várias formas de violência praticadas contra elas.

“A realização do Fórum é uma grande conquista para o município de Cabedelo. A própria existência da SEPM já sinaliza nessa direção. Num universo de 223 municípios paraibanos, existem apenas 48 gestoras de políticas públicas para as mulheres, e imagine o quanto a gente pode avançar nessa questão tendo uma Secretaria que vai olhar de maneira diferenciada para esses problemas. Esse encontro é consequência direta disso. Ele é o espaço para discutir as questões de gênero relativas à mulher, no que precisamos ainda avançar para garantir nossos direitos e oferecer conhecimento às mulheres para que elas leiam, conheçam e efetivem esses direitos”, explicou Juliana. 

Mel de Rosas – Durante o IV Fórum, a primeira-dama Jacqueline Monteiro apresentou, oficialmente, o projeto Mel de Rosas. A iniciativa busca prestar apoio psicológico e emocional às mulheres vítimas de câncer, violência e outras vulnerabilidades de gênero, bem como promover atividades físicas e de saúde, melhorando a qualidade de vida e a autoestima dessas mulheres. 

“Dentro do projeto, existe o Pétalas de Rosas, que já vem promovendo reuniões com psicólogas e vítimas do câncer, para troca de experiência e informações sobre a doença. As atividades preveem, também, dinâmicas e terapias de grupo, depoimentos e orientações sobre o enfrentamento do câncer”, complementou Jacqueline. 

Homenagem – Três mulheres foram homenageadas em nome de todas as cabedelenses, representando a força, a fé e a garra da mulher: a agente comunitária Edna Oliveira; a professora Mauricélia Ponde de Leon; e a médica Verônica Cândida Menezes de Lucena. Em comum, elas têm sua luta contra o câncer de mama. 

Edna Oliveira tem 43 anos, é casada e mãe de três filhos. Descobriu o câncer de mama em 2010, em uma ultrassom de rotina, por meio de um encaminhamento da própria Unidade de Saúde de Família onde trabalha. Ela recebeu todo o apoio da Secretaria de Saúde de Cabedelo (Sescab) para a realização dos exames complementares. A agente comunitária passou, ao longo de cinco anos, por sessões de quimioterapia, radioterapia, fisioterapia e uso de remédios, até ser considerada curada. Porém, em agosto de 2016, ao sentir fortes dores no estômago, descobriu que teria mais uma batalha pela frente. Em dois meses, fez a cirurgia de retirada do estômago e segue com as sessões de quimio e radioterapia e o uso dos medicamentos, rumo à vitória, mais uma vez.

A médica pediatra Verônica Cândida tem 65 anos e há 42 atua em Cabedelo. Descobriu o câncer de mama há 1 ano e 8 meses, quando sentiu um desconforto na mama esquerda. Operou logo em seguida, e passou 8 meses fazendo quimio e radioterapia. Nesse tempo, nunca perdeu a alegria de viver, nem desistiu de lutar e vencer a doença. 

Já a professora Mauricélia Ponce de Leon tem 54 anos e descobriu o câncer de mama, no seio direito, em 2013, num autoexame de rotina. Ao todo, foi pouco mais de 1 ano de tratamento, e em julho de 2016 recebeu a notícia de que estava curada. Mauricélia retirou toda a mama, e optou por não implantar silicone. “Ser homenageada é ser reconhecida por algo que aconteceu em nossas vidas e que vai servir de exemplo para outras pessoas. A homenagem vem trazer um sentido maior para que a gente continue a ser exemplo e a levar mensagens sempre positivas sobre a vida”, disse Mauricélia. 


Secom Cabedelo






Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


36 Anos Da Escola Rosa Figueiredo
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180