Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Defesa Civil de Cabedelo realiza trabalho de prevenção de acidentes e alerta população sobre riscos no período chuvoso
5/5/2017 - Secretaria de Segurança

Design Secom


A Coordenação de Defesa Civil de Cabedelo divulgou, esta semana, dados sobre as chuvas que caíram na cidade nos últimos dias. Segundo o órgão, o índice pluviométrico dos primeiros dias do mês chegou a 65 mm. Em termos comparativos, entre janeiro e abril, choveu 98 mm na cidade. 

Com a maior incidência de precipitações na cidade, aumentam os riscos de acidente e também a preocupação da Defesa Civil, principalmente nas áreas consideradas de riscos. A população pode acionar a Defesa Civil pelo disque 199 ou pelo número 3228-1773 (serviço público local em horário comercial). O órgão também disponibiliza um endereço de email para dúvidas e solicitações: defesacivilcabedelo199@gmail.com.

De acordo com o mapeamento feito pela Defesa Civil, algumas comunidades, tanto nos bairros periféricos quanto nos centrais, merecem uma maior atenção por parte do poder público e da própria sociedade, com relação aos riscos de acidentes e outros sinistros.

Os locais considerados mais críticos são a comunidade Parque Esperança, situada no bairro do Renasce (por trás do Magazine Luiza); e as comunidades de Oceania e Vila Feliz, situadas no bairro de Jacaré (pontos onde já ocorreram o desalojamento e desabrigamento de pessoas). Há também outras áreas de risco preocupantes nos bairros Recanto do Poço; na comunidade da Gameleira, situada no bairro Jardim Camboinha; e ainda nas comunidades ribeirinhas do bairro Jardim Gama.

"A Defesa Civil tem recebido todo apoio para que possa fazer um trabalho de forma preventiva na cidade. E isso à luz da nova lei que institui o Plano Nacional de Defesa Civil e estabelece responsabilidades, não somente na área pluviométrica, mas também em outras áreas de prevenção de acidentes. Nós estamos numa cidade que, pela sua formação natural e social, é vulnerável a ocorrência de acidentes, e que, portanto, requer um trabalho de Defesa Civil organizado, articulado e capacitado para minimizar e até evitar acidentes de grandes proporções", afirmou o coordenador da Defesa Civil de Cabedelo, Fernando Macedo.

Ações preventivas nas escolas e comunidades - A Defesa Civil de Cabedelo vem desenvolvendo outros projetos pertinentes à sua competência. Recentemente, foram realizadas atividades nas escolas do município. As unidades foram mapeadas e receberão extintores de incêndio e outros equipamentos de segurança. Também serão realizados treinamentos e palestras sobre o manuseio de produtos inflamáveis, venenosos, químicos, prevenção de acidentes domésticos e utilização de extintores.

A Defesa Civil ainda programa para diversos bairros a simulação de evacuação de pessoas em caso de sinistro (nas escolas e nas comunidades), com o apoio da ONG Anjos do Asfalto.

“Dentre outras atribuições, a Defesa Civil também atua na interdição e demolição de locais que ofereçam riscos à população, quando são realizadas vistorias constantes com elaboração de laudos técnicos por profissionais competentes, a exemplo da interdição realizada na quadra esportiva do bairro do Poço e da demolição da caixa de água situada na travessa da rua Pedro Aleixo (ao lado escola estadual Pedro Américo), que já está programada”, completou Macedo.

Defesa Civil em Cabedelo -  A coordenação de Defesa Civil de Cabedelo atua com sete profissionais, que são capacitados periodicamente através de cursos à distância orientados pela Secretaria Nacional de Defesa Civil. Atualmente, o órgão está vinculado à Secretaria Municipal de Segurança, seguindo a orientação da Lei Federal 12.608, que institui o Plano Nacional de Defesa Civil e dá competência e responsabilidade a esses órgãos.

"Recentemente, foi elaborada uma minuta que já foi entregue à Procuradoria Municipal e ao prefeito Leto Viana, solicitando uma análise jurídica sobre a desvinculação e a autonomia da Defesa Civil. Antes da atual gestão, a Defesa Civil de Cabedelo não estava sequer cadastrada no Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID). Esse cadastro é o que dá condição ao município de estar apto para a recepção de recursos em caso emergenciais", diz o coordenador.

Orientações da Defesa Civil:
- Evitar jogar lixo nos rios, galerias, terrenos baldios e vias públicas (os resíduos atrapalham a vazão das águas e, no caso de bueiros, entopem o sistema de drenagem instalado nas ruas, provocando alagamentos);
- Evitar a construção desordenada, principalmente de casas e abrigos;
- Evitar áreas ribeirinhas sob risco de inundação;
- Evitar a circulação de pessoas e animais nos locais de inundação e alagamentos;
- Evitar ficar próximo de encostas e construções inseguras, principalmente nas enchentes e chuvas torrenciais;
- Evitar a praia e terrenos descampados durante período chuvosos, devido à ocorrência de raios;
- Evitar entrar em contato com a água de enxurradas, de bueiros e lama (podem estar contaminadas e causar doenças, como a febre tifóide, hepatite, leptospirose, dentre outras). Caso entre em contato com água contaminada e tenha sintomas como vômitos, febre, diarréia, dores musculares ou ferimentos, procure imediatamente uma unidade de saúde;
- Não enfrentar a correnteza e inundações, já que os alagamentos podem esconder bueiros abertos e buracos, trazendo riscos de acidentes;
- Se estiver de carro, dirija sempre devagar e evite entrar em locais alagados e baixos, como nas proximidades de rios e ribeirões. Evite também transitar por locais alagados e onde forem registradas ocorrências, como queda de barreiras e outros. Além disso, não estacione ou permaneça sob árvores, especialmente se estiver ventando forte;
- Quem mora em áreas de risco, o ideal, primeiramente, é procurar locais mais seguros para poder se deslocar, para sair com total segurança (Uuma medida fundamental é que essas pessoas se cadastrem nos Centros de Referência em Assistência Social – CRAS municipais);
- Em casos de alagamento em casas e estabelecimentos, procurar desligar a chave de energia do local. Feito isso, colocar os eletrodomésticos, móveis e pertences em posições mais elevadas. 
 
Secom Cabedelo



Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Reforma e Ampliação da Escola Miranda Burity
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180