Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Centenas de crocheteiras reúnem-se na Fortaleza de Santa Catarina para encerramento do Curso de Crochê com Neddy Ghusmam
29/5/2017 - Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres

Michael Sampaio


Cerca de 150 artesãs cabedelenses reuniram-se na última sexta-feira (26) para, juntas, confeccionarem uma peça única em comemoração ao encerramento da IV edição do Workshop de Crochê, promovido pela Secretaria de Políticas para as Mulheres de Cabedelo (SEPM) em parceria com a empresa Linhas Círculo S/A. O encontro aconteceu na Fortaleza de Santa Catarina e contou, ainda, com a participação da SEPM de João Pessoa.

Na ocasião, além de uma grande confraternização de crocheteiras, as artesãs participaram de uma aula comemorativa para confecção de uma peça inédita, sorteio de brindes da empresa Círculos, desfile de moda com peças de crochê e entrega de certificados do curso.

"Estou muito feliz em participar desse evento e, em nome do nosso prefeito Leto, parabenizo todos os envolvidos e agradeço à empresa Círculos por essa parceria, que vai trazer grandes benefícios para nossas mulheres cabedelenses", destacou a primeira-dama Jacqueline Monteiro. 

O workshop de crochê aconteceu nos dias 22 e 23, e foi comandado pelo designer Neddy Ghusmam. O curso buscou promover a capacitação das artesãs locais, aprimorando a qualidade das peças produzidas, bem como o conhecimento sobre o processo produtivo e aproveitamento máximo da matéria prima, além de introduzir novas técnicas ao repertório das artistas.

“Um dos eixos de atuação da SEPM é a promoção da autonomia financeira das mulheres. Ações como essa que aconteceu na Fortaleza envolvem a valorização do trabalho das artesãs cabedelenses e contribuem, cada vez mais, para a projeção do nome da cidade como polo de produção artesanal. A história dos artesãos de Cabedelo se divide em antes e depois dessa gestão. Também agradeço à empresa Círculos, por ser uma grande parceira das nossas atividades", enaltece a secretária Mônica Pimentel. 

Aperfeiçoamento - O IV curso de crochê integrou as atividades do projeto Ondinas de Cabedelo, e trouxe pela quarta vez o designer e professor de crochê Neddy Ghusman, reconhecido em todo Brasil. 

"Como costumo dizer, eu tenho um caso de amor com a Paraíba, e aqui em Cabedelo eu tenho me sentido em casa, porque sempre fui muito bem recebido. Agradecemos demais ao apoio da Prefeitura, principalmente, em dar continuidade com esse trabalho na Secretaria das Mulheres. Aqui há um resultado muito bom com as artesãs cabedelenses que estão, cada vez mais, criando, desenvolvendo novas peças e atividades. Isso nos deixa muito felizes, porque estamos ofertando conhecimento e plantando uma boa semente". 

O curso foi baseado na confecção de peças inovadoras, noções de aproveitamento do material, técnicas de venda e cálculo de preços e valorização das peças. "Hoje o crochê está em tudo. Na moda, na arte, na decoração, nos brinquedos infantis... Estamos justamente mostrando que é uma grande oportunidade de se criar uma nova renda na família", finalizou o designer. 

Parceria com a Círculos - A Círculos, que completará 80 anos em janeiro de 2018, tem 1.300 funcionários e atua em 26 países. É a maior empresa têxtil de trabalhos manuais do Brasil e possui 11.300 pontos de venda em todos os Estados, com cerca de 30 mil clientes por ano, dentre empresariais e individuais.

De acordo com o gerente regional Norte/Nordeste, Cleber Rafael Rosas, apesar da crise financeira que se instala no país, "a empresa está vivendo um momento muito positivo, pois, além de investir na produção, investe no cidadão brasileiro, implantando projetos de consciência ecológica, de capacitação profissional voltados para o público adolescente e também na profissionalização do consumidor. Acreditando que estes possam criar meios de driblar as dificuldades".

Cleber também destacou que, aqui na Paraíba, a empresa realiza esses eventos a cada três ou quatro meses. E que Cabedelo conheceu o projeto há um ano e meio e já está promovendo um grande evento. Ele falou com muito entusiasmo sobre o trabalho realizado na cidade.

"Aqui existe uma união entre a Prefeitura e a empresa. E então foi criada uma homogeneidade entre a Círculos e as artesãs daqui. Essa iniciativa se deu através dos pedidos das crocheteiras locais. Para se ter noção do sucesso, nas primeiras edições, só tínhamos dez ou quinze alunas e, hoje, já temos cerca de setenta, apenas em Cabedelo ", concluiu. 

Frutos do crochê - A funcionária pública municipal Jane Mécia foi aluna da primeira oficina realizada em Cabedelo e, desde a segunda edição, atua como monitora do professor Neddy, contratada pela empresa para esses eventos.  Atualmente, a crocheteira cabedelense já comercializa peças pra todo Brasil.

"O crochê apareceu na minha vida de forma brilhante. Eu fui fazer o primeiro curso com o Neddy e, no segundo, eu já estava como sua auxiliar. Hoje eu tenho uma página no Facebook com mais de 23 mil curtidas, e tenho mais de 6 mil seguidores no YouTube, onde eu apresento um pouco do meu trabalho.  A Prefeitura de Cabedelo, por intermédio das ações da SEPM está transformando as mulheres daqui”. 

Secom Cabedelo



Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Desfile Civico - 7 de Setembro
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180