Redes Sociais - Facebook, Instagram, Twitter
Notícias
Cabedelo discute direitos de crianças e adolescentes em Encontro Municipal de Protagonismo e Participação
1/11/2017 - Secretaria de Educação

Michael Sampaio



A Secretaria de Educação de Cabedelo (Seduc), em parceria com a Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente, realizou, nesta quinta-feira (1), no Cabedelo Clube, o Encontro Municipal de Protagonismo e Participação de crianças e adolescentes. O encontro reuniu alunos de escolas municipais e estaduais e representações de Secretarias e serviços componentes da rede para discutir e avaliar a atualidade das questões relativas ao exercício dos direitos por parte do segmento, bem como para eleger os delegados que representam a cidade em encontro intermunicipal.

O evento, que é realizado anualmente, fez parte das comemorações dos 27 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e, entre os participantes, contou com representantes da Secretaria de Assistência Social (Semas), da articulação do Selo Unicef no município, do Conselho Municipal dos Direitos de Crianças e Adolescentes (CMDCA) e do Judiciário. Na oportunidade, também foi apresentado o Plano Decenal dos Direitos Humanos da Criança e do adolescente, assinada pelo prefeito Leto Viana, no último dia 4 de outubro.

“Crianças e adolescentes são, hoje, as estrelas desse encontro. Elas ocupam o centro das atenções e vêm discutir o protagonismo e a participação da juventude na sociedade. Temos uma mostra do trabalho que é desenvolvido nas escolas e que é expresso no conhecimento e no talento que eles trazem para esse evento. A Seduc, cujo trabalho básico atinge, em sua maioria, essa faixa etária, jamais se omite em apoiar e estar sempre presente nas iniciativas que permitam a expressão e mostrem a capacidade criativa de nossas crianças e adolescentes”, comentou a diretora pedagógica da Seduc, Enilda Cléia Guedes da Silva.

As temáticas a serem discutidas foram distribuídas em cinco eixos: Promoção dos direitos da criança e do adolescente; Proteção e defesa dos direitos; Protagonismo e participação; Gestão da política nacional dos direitos humanos da criança e do adolescente; e Controle social da efetivação dos direitos. Para analisa-los, discutir e elaborar propostas foram compostos 5 grupos, um para cada eixo, cada qual com 15 membros, sendo um relator.

“A importância do encontro é realmente conseguirmos fomentar e tentar passar para eles que é importante a participação nas decisões politicas e na vida de cada um deles. Acabamos de lançar o Plano Decenal e eles precisam conhecer esse plano, acompanhar, aprender a monitorar e a cobrar dos órgãos competentes as ações em benefícios das crianças e dos adolescente”, ressaltou a coordenadora do Programa Saúde na Escola (PSE), Rosália Pereira Melo.

Participaram do encontro 10 escolas municipais e 2 estaduais, cada qual com 5 alunos e um professor, além do Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) Reviver I e II, com o mesmo número de representantes das escolas, e profissionais ligados à política da infância e da juventude no município. Distribuídos em grupos temáticos, eles ficaram encarregados pelas discussões, apresentação de propostas e eleição dos delegados para o encontro intermunicipal, que acontece no próximo dia 17, em Lucena.

A programação teve prosseguimento, à tarde, com a palestra do coordenador do Setor de Projetos Educacionais (SPE) e do presidente da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME), Gilberto Silva, que discorreu sobre a formatação e o papel dos grêmios estudantis. 

Por sua vez, os alunos da Escola Paulino Siqueira, primeira escola a constituir um grêmio na cidade, levaram ao encontro a experiência, método de criação e o exercício da participação e do protagonismo. Nos dois períodos, o encontro foi pontuado pela participação artística de alunas da Escola Adolfo Maia e dos alunos do curso de bateria interativa do Centro de Artes.

Protagonismo - “A participação do jovem tem um peso muito grande na sociedade. Ela vai desde a participação na escola e nos eventos, onde o jovem realmente experimenta o que é protagonismo, a partir da condição de aluno e adolescente na sociedade atualmente. É muito importante que essa participação se dê com iniciativas como a dos grêmios estudantis nas escolas e nas relações entre alunos e professores, alunos e pais que, ao final, é tudo uma convivência, mas que acaba influenciando em todas as relações que estabelecemos com o mundo”, comentou Felipe Ribeiro Macário, 15 anos, aluno da Escola Paulino Siqueira.

Kaline Pereira Lopes, de 13 anos, estudante da Escola Rosa Figueiredo, falou sobre o processo de escolha em sua escola e destacou a importância de participar do evento no processo de educação e de vida.

“Fui escolhida pela direção da escola para participar porque, segundo eles, sou bem comunicativa e já participei várias vezes de eventos assim e, particularmente, acho muito interessante. Acho muito importante estar aqui, pois essa participação nos prepara para o futuro, nos ajuda a evoluir e auxilia até mesmo na escolha da nossa futura profissão, pois abre portas para vermos o que queremos mesmo. Acredito que ele melhora até a abertura de diálogo com os pais, o relacionamento com eles, além de nos fazer mais participativos nas aulas e nos projetos”, destacou.  

Secom Cabedelo





Serviços on-line
Portal da Transparência
Tenha acesso a todos os indicadores
Sistema de Informação ao Cidadão
Reclamações, sugestões e críticas
Portal do Contribuinte
Acesse todos os serviços on-line da prefeitura
Contracheque
Serviço exclusivo para os servidores municipais
Galeria de Fotos
foto


Outubro Rosa 2017
foto

foto
 
Prefeitura Municipal de Cabedelo
Rua João Pires de Figueiredo, S/N - Centro
CEP: 58.310-000 - Cabedelo - Paraíba
(83) 3250-3180