/PMC economiza R$ 3 milhões por ano com novo gerenciamento do lixo

PMC economiza R$ 3 milhões por ano com novo gerenciamento do lixo

O prefeito Vítor Hugo anunciou na manhã desta quarta-feira (16) mais uma medida de impacto nas contas públicas, ao mudar o comando do gerenciamento da coleta de lixo da cidade.

A coleta agora está sendo gerenciada pelo mestre em Engenharia Ambiental Marcelo Lima, que, através de uma auditoria encomendada pelo prefeito, constatou que o valor de R$ 970 mil pagos mensalmente pela coleta de lixo era um dos mais altos do Estado.

Segundo a auditoria, durante as antigas gestões, os valores saltaram de R$ 460 mil/mês em 2012 para R$ 460 mil em 2013, até chegar a R$ 1,1 milhão/mês em 2017. O prefeito determinou a redução dos atuais R$ 970 mil para R$ 720 mil, gerando uma economia imediata de R$ 250 mil por mês ou R$ 3 milhões por ano ao erário cabedelense.

A expectativa é que essa redução chegue ao patamar dos R$ 600 mil/mês, o que representaria quase 40% de economia aos cofres públicos, sem fazer qualquer mudança na coleta.

“Seguimos com o nosso compromisso de otimizar a máquina pública, fazendo com que siga trabalhando em prol da qualidade de vida do nosso povo, oferecendo serviços de qualidade com o devido respeito ao erário. Com a economia que teremos a partir das mudanças que fizemos no gerenciamento do lixo, vai sobrar mais dinheiro para realizarmos as obras que a cidade precisa para o seu crescimento”, afirmou o prefeito.

Secom Cabedelo