/Prefeitura realiza serviços de recuperação no Calçadão e no Monumento da Praia Formosa

Prefeitura realiza serviços de recuperação no Calçadão e no Monumento da Praia Formosa

Nos últimos dias a Prefeitura Municipal de Cabedelo, por intermédio da Secretaria de Infraestrutura, tem intensificado os serviços pontuais de limpeza e recuperação de logradouros públicos em diversos bairros de Cabedelo.

Alguns dos locais que receberam atenção especial são frequentados por centenas de turistas e cabedelenses todos os dias: o calçadão e o monumento-capela, que ficam situados na centenária Praia Formosa.

Na extensão do Calçadão (trecho urbanizado da rua Cassiano da Cunha Nóbrega) foram realizados os serviços de pintura e varredura. Já o Monumento-Capela recebeu recuperação da parte interna da estrutura devido à oxidação das ferragens, capiaço dos arcos e reboco dos tijolos manuais; além da revitalização de toda estrutura externa com pintura em tinta acrílica.

“A Praia Formosa é um dos cartões postais mais bonitos e visitados de Cabedelo. Aos poucos nossa gestão vai atendendo aos anseios populares e dando uma atenção especial aos locais que têm significância para a nossa gente. O monumento é muito importante e tem um simbolismo religioso muito forte para os pescadores e para os moradores mais antigos, além de estar num local privilegiado que é pano de fundo para tornar qualquer fotografia belíssima. Estamos preservando o que é nosso”, ressaltou o prefeito Vitor Hugo.

Monumento-capela – Não há apenas uma versão que explique a origem e a identidade do Monumento de 15 metros erguido na Praia Formosa. Uma delas relata  que a construção do monumento, em 1856, foi fruto de uma promessa feita à Mãe de Deus, e a imagem seria de Nossa Senhora Auxiliadora. O monumento teria sido edificado por intermédio do, cônego Pedro Anísio, da Paróquia de Nossa Senhora das Neves.

A outra versão, mais disseminada, conta que no final do século XIX, um navegante forasteiro de recursos teria tido problemas em sua embarcação em alto-mar e rogou à virgem que salvasse a vida dele e da família. Atendido em seu apelo, el teria voltado ao local e erguido o monumento original em homenagem à Nossa Senhora dos Navegantes (Nossa Senhora da Conceição).

O pouco que se sabe na região é que a imagem, ali existente, foi trazida do Rio de Janeiro e é feita em legítimo mármore carrara. Nas décadas passadas, nas manhãs seguintes às comemorações de fim de ano, os veranistas se dirigiam ao monumento e realizavam missas campais. Mesmo confundida por muitos, o que se acredita é que a Santa é uma protetora dos pescadores e navegantes, à sua devoção são atribuídos vários milagres no local.