AGOSTO DE MARIA Prefeitura de Cabedelo abre programação do mês dedicado ao combate a todos os tipos de violência contra a mulher

Evento marca aniversário da Lei Maria da Penha – 7 de agosto

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPM), deu início, nesta terça-feira (9), às atividades do Agosto de Maria, projeto voltado ao combate à violência contra as mulheres. O evento, que aconteceu no Teatro Santa Catarina, marca o aniversário da Lei Maria da Penha, que completou 16 anos de promulgação no último dia 7.

O projeto Agosto de Maria tem o objetivo de esclarecer e conscientizar a população sobre a Lei Maria da Penha, bem como reforçar a igualdade de direitos das mulheres na sociedade. Também se constitui como um alerta à sociedade para a incidência de casos de violência, bem como incentivar o combate a todos os tipos de violência contra as mulheres.

“Nesses 16 anos de vigência Lei Maria da Penha avançamos no combate à violência contra as mulheres, mas é preciso ainda reforçar que nosso empenho em minimizar os casos de abusos tem que ser diário. O mundo pós-pandemia trouxe números alarmantes, a quantidade de casos de feminicídios cresceu de forma assustadora e, em nosso Estado, registra-se o maior número de medidas protetivas desde a criação da lei. Este ano, elaboramos uma peça para retratar  de forma dinâmica as violências, que não são apenas físicas, e que precisamos combatê-las; e os jovens, meninas e meninos, têm um papel importante nesse processo”, declarou a secretária adjunta da SEPM, Anelize Paredes Guedes.

A abertura do projeto contou com a apresentação da programação para todo este mês, que consiste basicamente na realização de um circuito da apresentação da peça teatral “O último tapa”, encenada por alunos da rede municipal de ensino. O espetáculo conta a transição entre momentos de um relacionamento amoroso que culmina em vários tipos de abuso e violência contra a mulher.

A peça será apresentada nas escolas municipais, com o objetivo de levar a mensagem sobre os casos de violência, o combate e a importância da Lei Maria da Penha aos alunos da rede municipal de ensino.

“Essa temática é algo extremamente importante a ser trabalhada desde cedo nas instituições educacionais. Trata-se de uma cultura que precisa ser modificada! Uma cultura machista, que vem por anos e anos se perpetuando em meio à sociedade, materializando-se em casos de violência cruel, brutal e covarde. Estamos com nossos alunos, mulheres e homens, que precisam refletir, pensar e analisar sobre que país querem para o futuro. É preciso que, desde cedo, estejamos estimulando o cuidado com a figura feminina e, nossos alunos, com certeza, farão excelentes e pertinentes reflexões acerca da valorização da mulher”, frisou a secretária de Educação, Márcia Moreira.

A juíza Giana Serafim, da 1a. Vara Mista de Cabedelo,  destacou a importância da elaboração de um projeto como o Agosto de Maria, sobretudo, quando tem como público-alvo os jovens.

“A importância de ter como público alvo o alunado é que eles desde cedo ficam cientes, as mulheres principalmente, do valor que têm. Trabalharem sobretudo a dignidade para que nada de mal possa lhes acontecer e que os meninos também aprendam como tratar as mulheres, sejam mães, avós e quem tiver ao lado. Esse é um trabalho muito bem elaborado, está sendo bem feito e visa estimular as meninas, desde pequenas, a saberem o valor delas e aos meninos a saber respeitar as mulheres. É um propósito que irmana o poder executivo, o poder judiciário e as forças de segurança num esforço para combater e reduzir os casos de violência contra a mulher”,  pontuou.

Além de uma plateia formada hegemonicamente por alunos, a solenidade de lançamento do projeto contou, ainda, com a presença do comandante da Guarda Metropolitana, Magalhães Lourenço; da juíza Giana Serafim, representando os juízes da 1a. Vara Mista de Cabedelo; da investigadora da Delegacia da Mulher, Ana Paula Dias; e de representantes da Câmara Municipal.

Calendário de apresentações – O calendário da programação do mês “Agosto de Maria” prevê exibição da peça “O último tapa”, nas escolas Rosa Figueiredo (10/08), Plácido de Almeida (11/08), Miranda Burity (12/08), Paulino Siqueira (17/08), Adolpho Maia (18/08), Maria Pessoa (19/08), Pedro Américo (24/08), Elizabeth Ferreira (25/08), Maria das Graças (26/08) e Marizelda Lira (31/08). O texto da peça é assinado pelo ator Alessandro Tchê, responsável também pela direção e preparação dos atores, e tem como assistente de direção Ellen Camacho.

Assistência – A SEPM conta em seu corpo de profissionais com uma assistente social e uma advogada para receber e dar encaminhamento aos casos de violência contra a mulher. Além disso, promove regularmente atividades de dança, culinária e artesanato, que promovem tanto o bem estar físico quanto a geração de emprego e renda e o empoderamento feminino.

Em Cabedelo, as mulheres vítimas de violência contam com todo apoio e suporte da SEPM. As denúncias de abusos podem ser feitas pelo telefone da Secretaria – 3228.8618; pelo Disk Denúncia 180; e diretamente na Delegacia da Mulher – 3228.6349 – e na Guarda Metropolitana Ronda Maria da Penha – 9 8667.2802 e 9 9865.7936.

 

Compartilhar