Alunos da Educação de Jovens e Adultos participam de concurso de Soletração promovido pela Prefeitura de Cabedelo

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por intermédio da Secretaria de Educação (Seduc), realizou, nessa quarta-feira (24), a final do I Soletrando Interescolar da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A final contou com a participação de 12 alunos. Os vencedores receberam prêmios em dinheiro, kits com materiais escolares e obras do cantor e compositor Beto Brito.

O Soletrando Interescolar visou incentivar a leitura, a escrita e a oralidade, ampliando o vocabulário e efetivando as práticas de letramento, considerando o contexto social dos alunos e as escolas em que estão inseridos. A iniciativa contou com a interação de alunos, professores, supervisores e gestores. As palavras para soletração fizeram parte da obra do  cordelista Beto Brito.

O projeto vinha sendo desenvolvido desde o mês de agosto. Participaram da competição mais de 60 alunos. Deste, foram selecionados 2 representantes de cada uma das 6 escolas municipais que trabalham com o segmento da EJA: Elizabeth Ferreira, do Renascer 2; Maria José de Miranda Burity, no bairro Praia de Poço; Paulino Siqueira, do bairro Camalaú;  Vereador Pedro Américo, do bairro Jacaré; Plácido de Almeida, do Renascer 3; e Rosa Figueiredo, do Centro.

“Enquanto supervisora, tive a experiência de realizar o soletrando na Escola Maria Pessoa. Então resolvemos desenvolver esse projeto na EJA para que se tenha essa vivência de envolver o aluno com a vontade de acertar, de crescer e de dinamizar o dia a dia escolar. O público da EJA já vem cansado do trabalho e da rotina de casa, então pensamos exatamente em dar essa nova cara para estimulá-los e fazê-los frequentar a escola. Além disso, proporcionamos uma forma lúdica de aprendizado com a utilização de cordéis na produção textual”, ressaltou a secretária de Educação, Márcia Moreira.

O piauiense Beto Brito, radicado na Paraíba, é rabequeiro, cordelista, cantor, compositor e escritor. O multiartista não pôde comparecer na final, mas, por vídeo, mandou um recado aos participantes, comentando o que achou da iniciativa e reafirmando o quanto a literatura de cordel contribui com a formação acadêmica.

“Eu estou muito feliz com esse projeto da Prefeitura de Cabedelo, através da Seduc, e em saber que tem tantos professores envolvidos, trabalhando com os meus cordéis, porque estamos lidando com ditados populares e com a linguagem ‘nordestinez’, como nós popularmente chamamos. Essa é a linguagem do dia a dia do povo e que vale a pena a gente conhecer a sua forma gramatical correta. O projeto é muito bom porque ele exercita essa nossa linguagem e faz com que os alunos queiram buscar informações sobre as nossas próprias tradições e culturas”.

A assessora pedagógica da Seduc, Vera Lúcia de Sousa, é também uma das responsáveis pela iniciativa do Soletrando. Ela falou sobre o objetivo do projeto e o quanto é enriquecedor para os participantes.

“O projeto buscou aprimorar as habilidades de linguagem de uso comum no cotidiano, de forma dinâmica e competitiva, usando a memorização, a pronúncia, a escrita de verbetes relacionada com as disciplinas estudadas em curso e, consequentemente, a inserção de uma obra literária que foi lida e estudada pelos finalistas. Isso tudo foi muito enriquecedor para os participantes”.

Classificação final do Soletrando – Os 12 finalistas receberam medalhas e certificados de classificação, estojos, camisas, e kits de livros de literatura de Cordel de Beto Brito. Os 1º e 2º lugares também receberam premiação em dinheiro.

1° lugar:  Gizelly dos Santos Sousa – Escola Municipal Vereador Pedro Américo da Silva | Professores orientadores: Geraldo e Renato | Supervisora: Gisela | Diretor: Cláudio | Premiação: R$ 200,00 + troféu + medalha e certificado de campeão do I Soletrando Interescolar da EJA;

2° lugar: Lourivaldo Gomes Pereira – Escola Municipal Paulino Siqueira | Professores orientadores: Olíria e Francisco | Supervisora: Patrícia Gondim | Gestora: Edna | Premiação: R$ 100, 00 + medalha de prata;

3° lugar :Vera Carla de Brito Costa – Escola Municipal Elizabeth Ferreira da Silva | Professores orientadores: Maria Andrade | Supervisora: Isabel | Gestor: Petrônio | Premiação: Perfume do Boticário.

 

.

Compartilhar