Alunos da EJA serão contemplados com projeto Escola de Robótica Educativa

Iniciativa vai beneficiar cerca de 480 estudantes de quatro escolas que oferecem ensino de Jovens e Adultos

Já consagrada entre alunos do Fundamental II de 10 escolas municipais, a Escola de Robótica Educativa de Cabedelo chega, este ano, aos estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA). O projeto vai beneficiar cerca de 480 alunos, de quatro unidades.

Capitaneada pelo Setor de Tecnologia Educacional (STE) da Secretaria Municipal de Educação (Seduc), a iniciativa vai levar aos alunos dos níveis I e II da EJA oficinas regulares de robótica, orientadas por profissionais capacitados e associadas com a temática da aula. Serão contempladas as escolas Paulino Siqueira, Miranda Burity , Pedro Américo e Plácido de Almeida .

 “A inserção da Robótica como atividade extraclasse no currículo da EJA apresenta uma importante ferramenta de estímulo, incentivo a permanência dos alunos na escola. Associar o letramento de jovens e adultos com a inclusão tecnológica é uma importante ferramenta no desenvolvimento pessoal e no saber lidar com as tecnologias do século XXI”, destacou o  consultor de Robótica Educacional, Luciano Pinto.

Os alunos são assistidos pela EJA contam com todos os componentes curriculares do Ensino Regular. Na área de Educação Física, têm aulas diferenciadas, priorizando o bem estar físico, social e emocional. As demais disciplinas desenvolvem temáticas como Trabalhabilidade e Cidadania.

Resultados – A Escola de Robótica do município, além de oferecer oficinas regulares de robótica, tem levado os alunos a participarem de importantes competições pelo Estado. O projeto atende atualmente alunos do fundamental II, de 10 Escolas Municipais: Adolfo Maia, Miranda Burity, Elizabeth Ferreira, Mª das Graças, Mª Pessoa, Marizelda Lira, Paulino Siqueira, Pedro Américo, Plácido de Almeida e Rosa Figueiredo. Este ano, serão incluídas, também, turmas do Fundamental I das Escolas Imaculada Conceição e Profª Edilene.

Compartilhar