Alunos da rede municipal de ensino de Cabedelo terão atividades remotas a partir do dia 1º de junho

Medida vale até quando durarem os efeitos restritivos da pandemia de Covid-19

A partir do dia 1º de junho, os 8 mil estudantes das 22 escolas e 9 creches municipais de Cabedelo passarão a ter atividades remotas complementares. A iniciativa vai ser possível através de meios e tecnologias de informação e comunicação, e busca substituir as disciplinas presenciais, suspensas desde o início da quarentena imposta pelo Covid-19 em todo o Estado.

Os alunos que não tiverem acesso aos meios eletrônicos para participar das tarefas deverão entrar em contato com os gestores escolares para retirarem as atividades impressas ou roteiro de estudos na sua respectiva unidade de ensino.

As atividades remotas seguirão até nova determinação da Secretaria de Educação (Seduc) ou até quando durarem os efeitos restritivos da pandemia de Coronavírus. A implantação das atividades segue parecer do Conselho Municipal de Educação e fazem parte Plano de Estratégia Pedagógicas Articuladas nas Unidades de Ensino.

A Portaria nº 03, de 21 de maio de 2020, explica que as atividades não presencias serão computadas como horas letivas e buscam minimizar o impacto no calendário escolar, decorrente do período de suspensão das atividades educacionais, em razão da pandemia de Covid-19.

No começo do mês, a Seduc já havia determinado a antecipação do recesso escolar, que normalmente acontece no mês de junho, para o período de 15 a 30 de maio, também visando menor prejuízo ao calendário escolar.

VEJA A PORTARIA DA SEDUC NA ÍNTEGRA

Compartilhar