Alunos de escola municipal de Cabedelo participam de encontro de discussão sobre resíduos eletrônicos e reutilização criativa e artística

Ação foi promovida pela Secretaria de Educação em parceria com a Secretaria de Ciência e Tecnologia de João Pessoa

Alunos da Escola Municipal Marizelda Lira participaram, nesta terça-feira (11), de um encontro com a Caravana de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência e Tecnologia de João Pessoa (Secitec).

A ação foi promovida pela Secretaria de Educação de Cabedelo (Seduc), por meio do Setor de Projetos Educacionais (SPE), e faz parte das atividades da 19ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), ação de âmbito nacional consagrada ao estímulo à sensibilização para a produção e ao desenvolvimento da ciência no país.

O principal objetivo do evento foi mobilizar os alunos em torno da ciência e tecnologia por meio de atividades lúdicas, multidisciplinares e transversais, e teve como foco os resíduos eletrônicos, o descarte, a reutilização de componentes ou a reciclagem criativa dos objetos descartados. A ação aconteceu no Centro Municipal de Artes Mestre Benedito e teve como público-alvo cerca de 50 alunos da unidade escolar.

“Fomos convidados pela Secretaria de Ciência e Tecnologia de João Pessoa para fazermos parte das atividades da Semana de Ciência e Tecnologia, por meio de atividades locais e também da participação no evento estadual, previsto para acontecer no período de 10 a 12 de novembro, em João Pessoa. Esse momento é muito importante para a formação de nossos alunos, pois estabelece uma aproximação entre eles, a ciência e a tecnologia, tão presente no cotidiano. É uma oportunidade de discutir o campo profissional, uso da tecnologia e o que fazer com um objeto quando se torna obsoleto ou em fase de descarte”, comentou a professora Andréa de Fátima Silva, do SPE.

As atividades tiveram início com uma palestra sobre ciência e tecnologia, com foco no conceito de resíduos eletrônicos, sua constituição, meios corretos de descarte, reutilização e impactos sobre o meio ambiente.  Além disso, os alunos também participaram de oficinas sobre criação de arte através do lixo eletrônico e diagnóstico de montagem de computadores.

“Cabedelo é a primeira cidade a receber a Caravana. Eles devem estar em mais 14 municípios paraibanos, levando conhecimento científico e tecnológico e, com foco, sobretudo, na parte dos resíduos eletrônicos, para mostrar o que eles são e o que trazem de benefício e malefício para o meio ambiente. É uma forma de conscientizar sobre o que podemos fazer com esses resíduos, discutir formas de descarte ou transformação criativa do que é descartado”, concluiu Andréa.

A ação abrange eixos temáticos como a robótica, a computação e os jogos eletrônicos. Envolve também as relações entre a tecnologia e os audiovisuais, o meio ambiente e a sustentabilidade, a tecnologia e a arte, assim como a cultura, a educação, a inovação e a concepção de startups.

Mês da Ciência – A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) foi instituída pelo Decreto Presidencial de 9 de junho de 2004 e é realizada anualmente durante o mês de outubro, sob coordenação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

A finalidade da SNCT é mobilizar a população, em especial crianças e jovens, em torno de temas e atividades de C&T, valorizando a criatividade, a atitude científica e a inovação. A Semana tem como proposta mostrar a importância da ciência e da tecnologia na vida de todos e para o desenvolvimento do país, oferecendo também uma oportunidade para a população brasileira conhecer e discutir os resultados, a relevância e os impactos da pesquisa científico-tecnológica, principalmente daquelas realizadas no Brasil, e suas aplicações.

São realizadas, por meio da SNCT, diversas ações de divulgação científica como tendas da Ciência em praças públicas, dias de portas abertas, palestras, cursos, oficinas, experimentos didáticos e científicos, teatro científico, observação do céu, visitas técnicas, debates, ida de cientistas às escolas, distribuição de cartilhas e livros, exibição de vídeos científicos, excursões científicas, programas em rádios e TVs, dentre outros.

Compartilhar