Arraiá do Litoral Virtuá é encerrado com muita alegria, forró e resgate ao que de melhor tem a cultura de Cabedelo


Através de lives, o evento levou às casas de milhares de pessoas artistas e grupos locais, em uma valorização das tradições juninas

O Arraiá do Litoral Virtuá chegou ao fim nesta sexta-feira (02). Com uma programação voltada às raízes culturais da cidade, ao resgate das tradições juninas e à valorização dos grupos e artistas da terra.

Em formato de lives, transmitidas pelo canal oficial da Prefeitura Municipal de Cabedelo no Youtube, o evento conseguiu levar às casas de milhares de pessoas um pouco da alegria e da beleza do São João de Cabedelo. 

Os grupos musicais que encerraram as festividades online foram o Kynho Gomes e Banda, Teoria é Massa, Os 3 do Litoral e banda Stylo Ousado. 

As lives superaram a meta estabelecida pela Secretaria de Cultura, com mais de 10 mil visualizações pelos internautas

O secretário de Cultura de Cabedelo, Igobergh Bernardo, fez um balanço sobre o evento.

“Por ser um projeto só com artistas da terra que iria competir com outros eventos de nível nacional, não sabíamos como isso iria ser recepcionado pelo público. E graças a Deus todas as nossas expectativas foram superadas, pois nas lives realizadas já temos mais de 10 mil visualizações. Tivemos editais que prestigiaram mais de 70 artistas, envolveram 19 grupos distintos e com propagandas que beneficiaram mais de 30 empreendedores locais dentro do evento num formato virtual que veio pra ficar. Hoje têm pessoas que moram até fora do país e que puderam acompanhar as festividades da cidade e isso já vem acontecendo desde o projeto Cultura na Rede. Por isso o que fica de aprendizado é que a gente precisa mais do que nunca continuar estimulando a produção audiovisual, continuar realizando os eventos culturais de forma híbrida e, de repente, criar um canal online com o registro da memória desses artistas”.

Apresentado pela sempre irreverente Ceicinha e pelo secretário de Cultura, Igobergh Bernardo, e contando com a participação especial da comunicadora Hemelly Silva, a live teve muita alegria, colorido, entrevistas e interação com o público de casa.  

A entrevista da noite foi com Iarlley Araújo, coordenador do setor de LGBTQIA+ da Secretaria de Assistência Social de Cabedelo, que deu um importante recado de luta contra todas as formas de preconceito. 

Os artistas que participaram do Arraiá Virtuá transmitiram toda animação e alegria em poder compartilhar seu talento e um pouco de sua paixão pela cultura de Cabedelo para milhares de pessoas, com toda segurança que o atual momento exige.

“É um prazer imenso participar da quarta edição do Arraiá do Litoral. Estivemos presente em todas. Sempre fazemos essa participação com muita alegria no coração e, especialmente, nesse ano, que pudemos levar nosso som e um pouco de alegria para todas as famílias que brincaram o São Pedro em casa”, disse o produtor da Banda Stylo Ousado, Hebert Ramon . 

“É motivo de muita alegria e um enorme prazer estar participando desse evento. Só quero parabenizar essa belíssima iniciativa das lives promovida pela Prefeitura. O São João é uma tradição nossa e é importante também que a Secult esteja cumprindo todas as normas de segurança para o bem do nosso povo” , pontuou Antônio da Silva, o Ligeirinho dos Teclados.

“Participar dessa live promovida pela Prefeitura é um momento ímpar para mim, como artista. As festas juninas são muito importantes para os cabedelenses, principalmente num ano tão atípico como esse de pandemia. Estamos transmitindo alegria para as pessoas sem causar aglomeração e contribuindo com as medidas sanitárias necessárias para a gente enfrentar esse momento”, concluiu Kynho Gomes.

Homenagem póstuma – O encerramento das lives do Arraiá estava programado para o Dia de São Pedro, mas teve quer ser adiado por conta do falecimento da presidente da Câmara Municipal, Graça Rezende, na terça-feira (29). E a noite cultural de encerramento foi especialmente dedicada à memória da agente cultural que tanto colaborou e incentivou os artistas e grupos locais em diversas fases de sua vida.

“Dedicamos o encerramento do Arraiá do Litoral Virtuá à memória de Graça Rezende e toda a importância que ela teve na história de nossa cidade. Ela foi a parceira que acompanhou de perto a história de muitos artistas e grupos locais. E assim também foi na Câmara Municipal, onde ela nos representava como uma semente. Lembramos ainda que ela foi uma das primeiras mulheres, senão a primeira, a lutar pela implementação de políticas públicas para a Cultura quando atuou como secretária de Educação e Cultura. A passagem dela representa o encerramento de uma era e sua perda foi um baque muito forte para nós que somos artistas. Seu legado e seu sorriso marcante ficam imortalizados nas nossas lembranças”, disse, emocionado, Igobergh Bernardo.

Compartilhar