Políticas de valorização e melhorias adotadas pela nova gestão fazem frequência de funcionários no Hospital Municipal aumentar nos últimos 3 meses

O setor de Recursos Humanos (RH) do Hospital e Maternidade Municipal Padre Alfredo Barbosa (HMPPAB) apresentou à Secretaria de Saúde (Sescab) dados relevantes relacionados à frequência e índices de absenteísmo de profissionais de saúde na Unidade. Nos últimos 3 meses, caiu em 40% o número de funcionários que não foram trabalhar e deixaram de atender ao cidadão que busca os serviços de saúde do Hospital.

O absenteísmo (ou absentismo) é um padrão habitual de ausências no processo de trabalho, dever ou obrigação, seja por falta ou atraso, devido a algum motivo interveniente. É usado também para designar a soma dos períodos de ausência de um funcionário de seu ambiente de trabalho.

De acordo com o secretário de Saúde, Murilo Wagner Suassuna, os índices de absenteísmo apresentados pelo setor de RH do Hospital constatam que, na atual gestão da Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), os funcionários municipais têm faltado menos ao trabalho que na gestão anterior e, consequentemente, o HMPPAB tem funcionado com mais profissionais à disposição.

“Tomando como parâmetro os gráficos apresentados do período de julho/2017 a julho/2018, há um demonstrativo de que, nos últimos três meses da atual gestão (maio, junho e julho/2018), a média de absenteísmo de funcionários do quadro efetivo caiu mais de 40%. E essa redução ficou evidenciada nos índices dos quadros de contratados e comissionados também. Outra informação que chamou atenção nesses dados relacionados ao índice de efetivos ausentes no trabalho do HMMPAB é que, na gestão anterior, em vários meses, o número ultrapassou a faixa de 100 funcionários e, em determinado período (dez/2017), chegou a quase 200 funcionários ausentes. Enquanto, na gestão atual, esse índice não tem ultrapassado a faixa de 70 ausentes”, explicou Murilo.

O secretário ressaltou que esses números são reflexos do trabalho mais humanizado desenvolvido pela atual gestão.

“O prefeito Vitor Hugo tem demonstrado muita sensibilidade com as demandas dos trabalhadores da Saúde. A gente tem atendido as reinvindicações não só na questão salarial, mas também na estrutura interna de trabalho, na salubridade do ambiente, nos repousos médicos reformados, nas pinturas refeitas, na chegada de novos equipamentos, na capacitação dos funcionários… Tudo isso reflete na volta do estímulo, na vontade de trabalhar, no acreditar num novo momento que Cabedelo vive. Todos os funcionários do Hospital estão acreditando nessa nova gestão e dando seu voto de confiança e contribuindo com a sua mão de obra e capacidade intelectual de prestar um bom serviço público”, finalizou.

Secom Cabedelo

Compartilhar