Cabedelo capacita supervisores escolares no programa Integra Paraíba

Iniciativa prevê estratégias de ação para fomentar a alfabetização na idade certa

A Prefeitura de Cabedelo, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seduc), realizou, nesta quarta-feira (13) a Formação do Programa Integra Paraíba – Anos Iniciais. O curso teve como público alvo as supervisoras escolares da rede municipal de ensino e aconteceu no auditório da Seduc, nos períodos da manhã e tarde.

O programa Integra Paraíba é formatado como uma ação estratégica para a melhoria dos indicadores educacionais das redes públicas, com a missão de fomentar a alfabetização na idade certa. Cabedelo é um dos 221 municípios paraibanos que aderiram ao pacto social pelo desenvolvimento da Paraíba.

“Estamos a postos para mais um semestre que se aproxima, diante de tantos desafios, que serão superados, com certeza. Iniciamos os trabalhos com essa capacitação e contamos com uma participação notável de nossos supervisores. Educação traduz integração, formação, construção, conhecimento, inovação e novidade; tudo isso é trabalhado para que o nosso processo pedagógico seja um movimento voltado para a realidade dos nossos alunos. Nosso foco é a aprendizagem, o letramento e a melhoria constante do processo de ensino-aprendizagem desenvolvido nas escolas”, declarou a secretária de educação, Márcia Moreira.

Atualmente, o programa atende às 18 escolas dos Anos Iniciais no município. O desenvolvimento do programa recebe acompanhamento da Coordenadora Aline Emanoelle de Lima Aragão e da formadora Janeide Abreu Lima de Melo.

“A formação contemplou as habilidades que não foram consolidadas na avaliação de larga escala, que foi realizada em novembro do ano passado. A partir do resultado do painel de aprendizagem do município, o foco é integralmente voltado àquelas habilidades que os alunos não consolidaram. A avaliação de larga escala prepara os alunos para o IDEB, e é a partir desse resultado que a formação é planejada, com vistas a replicação nas escolas”, comentou Janeide.

O objetivo do programa é alfabetizar 100% das crianças na idade certa, assim como corrigir o déficit de aprendizagem e a distorção idade/ano dos estudantes da rede estadual e municipal de ensino.

“Essa formação faz parte do processo de formação continuada dos docentes, trabalhando com temáticas que sejam pertinentes aos conteúdos e técnicas que eles utilizam em sala de aula. A importância desse momento é, sobretudo, a veiculação das informações, as ideias trabalhadas e o conhecimento gerado. Esse mesmo que eles levam para desenvolver em sala de aula e que culmine no aprendizado das crianças”, salientou Aline Aragão.

A estratégia de aplicação do programa elege, entre outros pontos, a formação continuada dos docentes do ciclo de alfabetização, com o apoio de material específico, como um dos principais eixos de atuação. A ação tem como foco a melhoria da aprendizagem de Português e Matemática dos estudantes, para reverter dados de avaliações externas, que apontam baixos níveis de rendimento em leitura, escrita e matemática.

O plano estratégico para atingir os resultados também prevê a adoção de avaliações em larga escala para os municípios paraibanos, formação docente, sequências didáticas com foco na alfabetização, protagonismo infanto-juvenil. Por fim, o programa almeja investir na criação do painel de alfabetização da Paraíba, consolidando entre o alunado as habilidades aprendidas ao longo do bimestre para apoiar o planejamento do professor.

 

Compartilhar