Cabedelo celebra a história e o legado do Mestre Benedito durante o Ano Cultural 2019

Ele foi o pai do Coco de Roda de Cabedelo. Deixou um legado cultural que até hoje é mantido e respeitado por toda a comunidade. Jose Benedito da Silva Filho, mais conhecido como Mestre Benedito, é o homenageado deste ano do Ano Cultural 2019, promovido pela Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria de Educação (Seduc).

Durante todo o ano, em todas as unidades de ensino – escolas e creches – , o tema Mestre Benedito – sua história, biografia e produção artístico-cultural –  será debatido e explorado entre os alunos da rede municipal, como forma de manter vivo o legado do pai do coco de roda.

“A rede municipal de ensino de Cabedelo orientará os trabalhos de estudo e pesquisa com os alunos, estimulando a criação das mais variadas expressões artísticas. Incentivando-os à leitura, à escrita, à arte e à dança, com o objetivo de revelarmos novos talentos locais”, destaca a secretário de Educação, Márcia Oliveira.

Serão desenvolvidos textos poéticos e coreografias que culminarão em um Concurso, a ser realizado no final do ano, e que vai envolver tanto a comunidade escolar como a comunidade em geral. A novidade deste ano é a premiação não só dos alunos ou comunidade, mas dos professores que são agentes efetivos no processo.

“O Ano Cultural traz uma proposta multidisciplinar para ser trabalhada dentro das nossas escolas, desde a educação infantil até a EJA. Trazer a tona a memória de Mestre Benedito mexe com todos nós, por conta da cultura, que é viva e ativa, e é onde nos identificamos”, disse a professoras Marileide Lourenço que, ao lado de Maria Gracineide Berto, coordena a 6ª edição do Ano Cultural. As duas trabalharão juntas com o historiador Sharlon Lucena.

Resgate à tradição – O coco de roda, que teve início com Benedito, hoje já está sendo comandado por Mônica – filha de Teca e neta do Mestre – e já alcança a quarta geração da família, despertando, ainda, as novas gerações para a riqueza cultural que a tradição carrega.

Emocionada com a escolha do seu pai como homenageado, Dona Teca expressou sua emoção e gratidão, bem como seu desejo de continuação da história do seu pai.

“A sensação que eu tenho é de muita felicidade. Peço a Deus que essa história do meu pai vá muito além. A família é muito grande e eu espero que eles possam dar continuidade quando eu não puder mais. Eu estou muito feliz com tudo que tá acontecendo”.

Concurso Cultural – O Concurso Prêmio Mestre Benedito busca valorizar o estudo da história e da cultura local, fomentar o desenvolvimento de atividades artísticas, a produção e disseminação de conteúdos literários e o desempenho linguístico nas escolas da rede pública municipal de ensino, bem como na Comunidade Cabedelense.

Na categoria Comunidade Escolar, o Concurso selecionará 2 trabalhos em cada uma das categorias: Elaboração de Redação; Produção Musical; Montagem Teatral de Cordel; Desenho; Coreografia; Produção de Vídeo; Performance Indígena; e Artesanato.

Na categoria Comunidade Cabedelense, 2 trabalhos serão contemplados, em cada uma das categorias: Montagem Teatral; Redação; e Criação Musical.

Compartilhar