Cabedelo dá início à 2ª edição do Conexão Teatro e Dança Cabedelo com apresentações, vivências, oficinas e espetáculos

Projeto terá atividades nos principais bairros até a segunda quinzena do mês de maio, com uma programação diversificada e itinerante

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por intermédio da Secretaria de Cultura (Secult), deu início, nessa terça-feira (30), à 2ª edição do projeto Conexão Teatro e Dança Cabedelo.

A abertura aconteceu no Teatro Santa Catarina e contou com uma  programação especial, homenageando e fazendo memória às manifestações culturais, grupos e coletivos que fizeram ou fazem parte da história da dança e do teatro na cidade.

Até o mês de maio, o projeto vai promover atividades envolvendo apresentações, oficinas e cursos. A iniciativa busca, acima de tudo, promover a união entre a arte da Dança e a arte do Teatro na cidade, estimulando e valorizando a história dessas manifestações no município e reconhecendo-as como elementos importantes para a formação artística e para o desenvolvimento social da região.

A noite de abertura foi prestigiada por representantes da Prefeitura e da Câmara Municipal de Cabedelo; da Fundação Espaço Cultural (Funesc); além de representantes de coletivos culturais, artistas independentes e de populares. O secretário de Cultura de Cabedelo, Igobergh Bernardo, espera que, com essa iniciativa, abram-se portas para a produção artística local.

“Ano passado não conseguimos uma boa execução desse projeto devido à pandemia e às dificuldades com as políticas públicas, mas a ideia do Conexão Teatro e Dança desde que foi formatado é exatamente conectar a cidade com as produções culturais até de outras cidades e estados, abrindo mercado para os artistas do teatro e da dança. E a partir daí ter a oportunidade de intercâmbios e formações, inserindo novamente o município no calendário de produções culturais nessas artes. Nesse 45 dias teremos aproximadamente mais de 300 profissionais e artistas envolvidos com diversos grupos culturais da cidade, de outros municípios e até de outros estados, como Ceará e São Paulo. E o que mais está deixando a gente ansioso é poder voltar a fazer teatro dentro do teatro. Passamos três anos com o teatro fechado e depois, mesmo com a reforma do equipamento junto ao Governo do Estado, vieram os dois anos de pandemia. E essa volta da sociedade ao teatro vai ajudar na produção, como também na formação de um novo público”, declarou o secretário.

O Conexão Teatro e Dança Cabedelo conta com uma extensa programação até o mês de maio, que inclui espetáculos, oficinas, formações e apresentações artísticas. Vera Simões, secretária adjunta da Cultura, lembrou que a iniciativa marca a importância simbólica do dia Mundial do Teatro (27 de março) e do dia Mundial da Dança (29 de abril), e falou da satisfação em realizar o evento.

“É uma satisfação muito grande poder estar, de forma presencial, com o teatro quase lotado. O segundo ‘Conexão’ vem trazer a ligação entre a arte de dançar e a de representar. A proposta também faz o resgate de valores históricos do nosso povo e do sentimento de pertencimento. É uma oportunidade da gente se apropriar mais e se preparar para esse novo mercado. É um evento que merece mesmo ser incluído no calendário turístico e vamos formatá-lo para isso”, destacou Vera.

Apresentações – Dentre os coletivos culturais que se apresentaram na noite de abertura estavam a Companhia Articulado’s in Cena, que reproduziu trecho do espetáculo inédito “Mar de Memórias”; o grupo de danças populares Farol da Pedra Seca, representando a cultura popular; performances da Balé Popular e Companhia Clássica Municipal, representando manifestações populares;  participação de ex-integrantes do Companhia Rima de Dança, que fizeram uma linda homenagem à história do balé de Cabedelo; a Quadrilha Junina Expresso do Litoral, homenageando o circuito junino. A noite ainda contou com apresentação da ex-passista Evalda Maria, que lembrou as coreografias de eventos e, junto com a carnavalesca Hemelly Silva, homenageou também as agremiações carnavalescas.

Próximas atividades – O II Conexão Teatro e Dança tem continuidade no próximo domingo, dia 3 de abril, às 19h30, na Praça Getúlio Vargas, com o espetáculo circense Visita Surpresa do grupo Fuscirco de Fortaleza-CE.

Na segunda-feira (4), o encontro será na Oficina “Malabares Corpo e Rotina”, com o artista Henrique Rosa (Palhaço Pitchulla do grupo Fuscirco).

CONFIRA AQUI A PROGRAMAÇÃO COMPLETA.

A Arte Dramática e a Dança em Cabedelo – A Dança e o Teatro são manifestações culturais que sempre estiveram presentes na história e na cultura da cidade. O teatro nos moldes pelos quais se conhece hoje teve início em Cabedelo a partir da década de 1950, através da atuação do então Pároco da Cidade – Padre Alfredo Barbosa. O religioso identificou na Cultura uma possibilidade de contribuir para evangelização e para o desenvolvimento social e educativo dos nativos.

Foi a partir de sua atuação com um grupo de jovens da Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus que começaram a surgir as montagens dos primeiros espetáculos e grupos de teatro na Cidade, o que culminou no fortalecimento do movimento e na conquista da construção do Teatro Santa Catarina, inaugurado em 13 de março de 1987.

A arte da dança por sua vez pode ser observada antes mesmo do período colonial, com a presença dos rituais e das tradições indígenas. No entanto, assim como em outras regiões do País, com a chegada dos europeu, a cidade recebe grande influência na sua cultura e nos seus costumes, fazendo, então, surgir novas manifestações artísticas que permeiam até hoje a história na tradição local.

Na arte da Dança elas vão desde o popular –  com a Nau Catarineta, Coco de Roda, Ciranda, Quadrilhas Juninas, Capoeira – e passam pela contemporaneidade dos grupos de Dança de Rua, dos grupos de Axé dos anos 90, até a Dança Clássica e moderna dos tempos atuais.

Compartilhar