Encontre o que você precisa aqui:

Autor: Secom

Cabedelo é reconhecida por ampla cobertura vacinal na Paraíba

Secretaria de Saúde do município recebeu prêmio do projeto Pela Reconquista das Altas Coberturas Vacinais, da Fiocruz Cabedelo segue sendo reconhecida pela excelência de sua gestão e políticas públicas voltadas à população. Na última sexta-feira (01), a Secretaria de Saúde (SES) do município recebeu uma premiação de destaque pela ampliação das coberturas vacinais na cidade. […]

05/12/2023 9h42 Atualizado há 3 meses atrás

Secretaria de Saúde do município recebeu prêmio do projeto Pela Reconquista das Altas Coberturas Vacinais, da Fiocruz

Cabedelo segue sendo reconhecida pela excelência de sua gestão e políticas públicas voltadas à população. Na última sexta-feira (01), a Secretaria de Saúde (SES) do município recebeu uma premiação de destaque pela ampliação das coberturas vacinais na cidade.

A entrega foi realizada no Auditório da Uniesp durante a solenidade de encerramento do projeto Pela Reconquista das Altas Coberturas Vacinais (PRCV).

Cabedelo foi um dos municípios selecionados pelo PRCV e cumpriu metas para ampliar a cobertura vacinal da população, dentre elas campanhas mensais de vacinação, aquisição de câmaras com recursos próprios, realização de reuniões com equipes de saúde das UBS para definir locais a serem realizadas ações de vacinação – mercados, escolas, creches e locais de concentração popular e realização de curso de formação em sala de vacina para os enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Lançado em 2021, o PRCV foi implantado, nesta primeira fase, em municípios selecionados de dois estados do Brasil – Paraíba e Amapá – e envolveu as  Superintendências Estaduais do Ministério da Saúde; Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde e respectivas Coordenações Estaduais e Municipais de Atenção Primária e Imunizações; Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS); Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS).

O PRCV é um projeto liderado pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fundação Oswaldo Cruz (Bio-Manguinhos/Fiocruz), pela Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) e pelo Ministério da Saúde, e foi implementado em todo estado do Amapá (16 municípios) e nos 25 municípios da 1ª Gerência Regional de Saúde da Paraíba, que representa 37% da população do Estado.

Durante toda a execução das ações, o projeto firmou parcerias com objetivo de mobilizar, conectar e fortalecer uma grande rede colaborativa, com intuito de retomar números significativos nas coberturas vacinais, sobretudo, conscientizar e alertar todos os envolvidos, o que impacta também diretamente na população, para o enfrentamento de doenças imunopreveníveis que poderão ser reintroduzidas no Brasil, como ocorreu com o sarampo.

 


Preferência de Cookies

Usamos cookies e tecnologias semelhantes que são necessárias para operar o site. Você pode consentir com o nosso uso de cookies clicando em "Aceitar" ou gerenciar suas preferências clicando em “Minhas opções”. Para obter mais informações sobre os tipos de cookies, como utilizamos e quais dados são coletados, leia nossa Política de Privacidade.