Cabedelo inicia debates para a implantação do Projeto Vida no Trânsito

Iniciativa busca promover e aprimorar a vigilância e a prevenção de lesões e mortes no trânsito

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sescab), realizou, nesta terça-feira (31), a primeira reunião para implantação do Projeto Vida no Trânsito.

A iniciativa visa congregar os vários atores/instituições envolvidos com as áreas de trânsito e saúde no sentido de promover e aprimorar a vigilância e a prevenção de lesões e mortes no trânsito. O projeto está sendo articulado pela Sescab, por meio da Vigilância em Saúde.

O encontro, realizado no Auditório da Secretaria de Educação (Seduc), contou com a participação de representantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Departamento de Estradas e Rodagem (DER/PB), Secretaria Estadual de Saúde, Observatório Nacional de Segurança Viária, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Samu, Semob, Seduc, Hospital e Maternidade Municipal Padre Alfredo Barbosa (HMMPAB) e Atenção Básica.

“Com a realização dessa reunião damos hoje o primeiro passo na implantação de um projeto importante para a cidade de Cabedelo no que diz respeito à segurança viária, sobretudo pelo fato da cidade ser cortada integralmente por uma BR. Convivemos com essa problemática e sabemos que é uma questão que gera custos para a área da saúde pública. De fato, reunimos um conglomerado de instituições e de pessoas comprometidas com a educação no trânsito, a prevenção de acidentes e a preservação da vida”, comentou o secretário da saúde, Murilo Suassuna.

A apresentação do projeto coube à coordenação estadual do programa Vida no Trânsito.

“É uma satisfação estar de volta a Cabedelo nesse processo de implantação do programa Vida no Trânsito, um programa que tem o objetivo de prevenir o aumento da ocorrência de mortes no trânsito. Os órgãos responsáveis pela área já fazem um trabalho  muito bem feito com a educação para o trânsito e fiscalização, mas é preciso que a saúde esteja integrada, no sentido de promover o monitoramento das ocorrências, permitindo assim avaliações mais completas, por meio do registro da origem dos casos. Trata-se de uma contribuição: o lançamento de um olhar da saúde, com relação aos acidentes, tanto na informação de dados como de materiais”, declarou a coordenadora do projeto, Gerlane Carvalho.

Trânsito e vida – O Projeto Vida no Trânsito é uma iniciativa de âmbito nacional, capitaneada pelo Ministério da Saúde, voltada para a vigilância e prevenção de lesões e mortes no trânsito e promoção da saúde articulada de forma intersetorial e interinstitucional. Tem como foco das ações a intervenção em dois fatores de risco priorizados no Brasil: dirigir após o consumo de bebida alcoólica e velocidade excessiva e/ou inadequada, além de outros fatores ou grupos de vítimas identificados localmente a partir das análises dos dados.

A implantação do projeto deve ser feita através de decreto municipal, e a partir da implantação será formada uma comissão intersetorial e interinstitucional que, após a  formalização, realizarão as ações em parceria com foco na redução destes eventos no território.

A primeira intervenção é a articulação Intersetorial, ou seja, a identificação de instituições parceiras governamentais e da sociedade civil, e a constituição de comissões intersetoriais em cada uma das cidades, formalmente constituída através de decreto municipal dos respectivos prefeitos.

Em segundo lugar, o projeto prevê a qualificação e a integração das informações, ação essa dedicada a identificação das fontes de informações existentes sobre as ocorrências de acidentes de trânsito, bem como os mortos e feridos graves causados pelo trânsito em cada uma das fontes.

As etapas seguintes do projeto preveem a Análise de fatores de risco, condutas inadequadas dos usuários do trânsito, fatores contributivos e grupos de vítimas envolvidos no acidente de trânsito; e a Elaboração de um plano de ações integradas e intersetoriais de segurança no trânsito e execução das intervenções intersetoriais e integradas.

Compartilhar