Cabedelo participa de campanha de combate ao assédio e a importunação sexual à mulheres

A ação é fruto da parceria entre as prefeituras da região metropolitana de João Pessoa e a CBTU

A Prefeitura de Cabedelo PMC), por meio da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPM), participou, nesta quarta-feira (23), da ação de lançamento da campanha “Não é não nos Trilhos – Depois do não, tudo é assédio”. A iniciativa é uma parceria entre a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e as secretarias de mulheres dos 4 municípios da região metropolitana de João Pessoa, cobertos pela malha ferroviária da empresa.

A ação aconteceu na Estação Ferroviária da capital e mobilizou representações dos municípios participantes – João Pessoa, Cabedelo, Bayeux e Santa Rita -, dando início à campanha que objetiva coibir o assédio e a importunação sexual contra as mulheres nas estações e durante a utilização do sistema de trens urbanos.

“Trata-se de mais uma parceria realizada pela prefeitura visando combater o assédio e, também, outros tipos de violência contra as mulheres. É uma ação que utiliza ferramentas de propaganda para chegar às pessoas, nos vários espaços que elas frequentam. Desta vez o alvo são os transportes, pois sabemos do quantitativo de pessoas que utilizam os trens em demanda de nossas praias neste período. Mesmo não tendo festas de carnaval, a cidade recebe muitas pessoas e daí a importância dessa campanha contra o assedio”, declarou a secretária de políticas públicas para as mulheres, Priscilla Rezende.

O gerente de operações da CBTU, Otho Magno Viegas, destacou a importância da campanha, dado ao fluxo de usuários que utilizam o transporte ferroviário diariamente, com um número significativo de mulheres.

“A campanha atende a uma demanda das secretarias municipais que apoiam a causa feminina em todos seus aspectos e a CBTU caminha junto, em parceria, na condição de estar junto, adotar e abraçar as ações, para que possamos mostrar para os nossos usuários que a companhia também se preocupa com essa causa. É uma campanha de cunho educativo a que a empresa se une às secretarias específicas para atendimento a essa demanda nesse momento, próximo ao período carnavalesco. A preocupação, porém, é constante, assim como as campanhas de combate ao assédio”, comentou Viegas.

A estratégia básica da ação é a abordagem aos passageiros e a distribuição de panfletos. No caso específico dos trens o alerta aos passageiros para a necessidade de denunciar os casos de importunação e assédio no interior dos veículos. Além de panfletos contendo o lema da campanha, a ação também visa informar os canais de encaminhamento de denúncias como Polícia Civil (197), Polícia Militar (190), Disque Denúncia Nacional (180), além da Ouvidoria da CBTU.

“Hoje a campanha foi iniciada em João Pessoa e cada município ficou encarregado de promovê-la em suas respectivas estações. A ideia é que durante o período de carnaval, em Cabedelo, a campanha seja estendida para outros lugares muito frequentados no âmbito do município, como nossas praias. Os casos acontecem e, também, tem aumentado, então é importante falar, promover, educar e conscientizar por meio de campanhas como essa”, destacou a secretária Priscilla.

 

Compartilhar