Cabedelo promove ações em alusão ao Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio

Durante todo o mês, os serviços de saúde do município estarão engajadas na campanha, promovendo conscientização e esclarecimentos sobre o tema

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria de Saúde (Sescab), realizou, nesta sexta-feira (9), ação alusiva ao Setembro Amarelo, mês dedicado à prevenção do suicídio.

No chamado Dia D da campanha, a programação constou de uma caminhada no centro da cidade e uma palestra com especialista sobre o tema. Este ano a campanha nacional tem como lema “A vida é a melhor escolha!”.

O evento teve início no Cabedelo Clube, local de concentração da caminhada que reuniu equipe da saúde e população em percurso até a Praça Getúlio Vargas. Na praça, além da fala das autoridades presentes, o evento contou com a palestra da psicóloga Clínica Comportamental Livia Montenegro Oliveira, especialista em neurociências, que discorreu sobre o tema “Saúde Mental: A prevenção que salva!”, focando a incidência de suicídio, fatores agravantes e medidas para manter a saúde mental. A ação também foi marcada por depoimentos da população sobre suas experiências com o tema da campanha.

“Esta campanha é por demais importante, uma vez que registramos casos de suicídio com certa frequência e é preciso conhecer as principais causas, identificar potenciais indícios de ocorrência e, sobretudo, atuar com a prevenção e o apoio necessário. Por isso, a Sescab se engaja na campanha e, durante todo o mês, estaremos trabalhando sobre o tema, massificando a conscientização sobre a prevenção”, declarou o secretário da saúde Murilo Suassuna.

A coordenadora do Caps AD Cabedelo, Flávia Trajano, descreveu a importância da campanha de prevenção ao suicídio, destacou  o trabalho realizado pelos serviços de acolhimento e apoio psicossocial. Ela ainda salientou o trabalho conjunto que a causa necessita.

“O suicídio é uma temática que durante muito tempo foi tratada como um tabu. É comum ouvir pessoas com o discurso de que não se deve falar sobre ele, porque isso vai incutir na cabeça das pessoas a ideia de cometer a ato, mas hoje sabemos que tem que comentar, sim, e não apenas no mês de setembro. O mês é só uma ocasião destinada a enfatizar a temática, mas o assunto tem que estar presente em todos os dias do ano, porque é algo real, sobretudo depois do período de pandemia que atravessamos e em que novos segmentos, como idosos e crianças, passaram a constar nas estatísticas. É importante se trabalhar essa questão de maneira contínua e em sociedade”, comentou

Ações de prevenção – Durante todo o mês, a Sescab mobilizará as equipes dos serviços de saúde para explorar o tema e realizar ações junto aos usuários do sistema. As Unidades Básicas de Saúde (UBSs), assim como o Hospital Municipal e Maternidade Padre Alfredo Barbosa (HMMPB) estarão com programação especial voltada para a temática.

Na Atenção Básica, durante todo o mês de setembro, nas Unidades Básicas de Saúde serão realizadas ações de sala de espera, rodas de conversa, orientações, atividades recreativas, distribuição de material informativo e produtos de higiene oral, exibição de filmes temáticos e palestras com escolares, além de atividades voltadas aos médicos reforçando as intervenções a serem feitas com os pacientes. No Hospital e Maternidade Municipal Padre Alfredo Barbosa também serão desenvolvidas ações para funcionários e pacientes.

O evento se encerra no dia 29, com evento no Cabedelo Clube, onde será realizada a palestra “Saúde Mental X Impacto da Pandemia”, voltada para os profissionais do município.

Rotineiramente, a orientação visando a prevenção do suicídio é trabalhada pelo sistema de saúde com base no fluxo de atendimento nas unidades básicas, CAPS, Policlínica e hospital, com atendimentos de psicologia e psiquiatria.

 Setembro Amarelo – A campanha de alcance nacional existe desde 2014 e é organizada pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM). O principal objetivo do Setembro Amarelo é a conscientização sobre a prevenção do suicídio, buscando alertar a população a respeito da realidade da prática no Brasil e no mundo. Para o Setembro Amarelo, a melhor forma de se evitar um suicídio é através de diálogos e discussões que abordem o problema.

Oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, é comemorado no dia 10 deste mês, mas as ações que caracterizam a inciativa acontecem por todo o ano.

Compartilhar