Cabedelo realiza II Evento de Adoção de Animais

Cerca de 30 animais foram postos à disposição dos interessados em adotar um pet

A Prefeitura Municipal de Cabedelo, por meio da Secretaria de Saúde (Sescab) e sua Unidade de Zoonoses Mariana Batista Bezerra, realizou, nesta sexta-feira (02), o II Evento de Adoção de animais. Cerca de 30 cães e gatos foram colocados à disposição das pessoas interessadas em tutelar um pet.

O principal objetivo desse tipo de ação é contribuir com a redução de animais abandonados na cidade e dar a eles um lar. Os animais doados estavam sob a tutela da Zoonose, após serem abandonados e recolhidos nas ruas em ações anteriores.

A primeira dama do município, Daniella Ronconi, defensora da causa animal participou do evento e expressou o carinho e a preocupação da atual gestão com o tema.

“É com muita felicidade que conseguimos implantar essa Unidade de Zoonoses e hoje podemos cuidar do bem estar animal com ações de adoção, de castração, o que garante o controle da natalidade, pois Cabedelo tem muitos animais de rua. Para a adoção exigimos o preenchimento de um formulário, no qual o tutor tem que ter todos os requisitos, e ainda vamos fazer o monitoramento posterior para saber se os animais adotados serão bem tratados. Infelizmente existem pessoas que ainda não entenderam que o animal não é um objeto, mas um ser que faz parte da família. Essa iniciativa vai ser constante e será realizada periodicamente “, destacou Daniella.

Os cães e gatos foram entregues aos novos donos vacinados contra a raiva e castrados ou com a garantia da castração.

“Nossa intenção é chamar atenção da população para os animais que não têm raça definida mas tem amor e carinho para dar, para que as pessoas se conscientizem sobre a importância da adoção. Estamos dando toda estrutura e apoio aos tutores, pois os animais estão saindo daqui com vacina, castrados (ou com garantia de castração pela Zoonoses) e ainda com orientações sobre o cuidado com o animal”, afirmou o diretor da Unidade de Zoonoses, Rodrigo Augusto Guimarães.

Além dos funcionários da Unidade, participaram também da ação os estudantes voluntários do curso de Medicina Veterinária da Uniesp. Um novo evento de adoção está programado pra o próximo mês de outubro, em alusão ao Dia Mundial dos Animais – 4 de outubro.

Os protocolos exigidos aos candidatos a tutor envolvem a idade mínima – mais de 18 anos – e, no ato do comparecimento ao local de adoção, portar comprovante de residência, identidade e CPF. Além disso, a equipe da Zoonoses realiza uma breve avaliação, para definir se a pessoa está apta a ser tutora de um cão ou gato.

Adoção – Os eventos destinados à adoção de animais fazem parte das ações promovidas pela Secretaria de Saúde de Cabedelo, por meio da Unidade de Zoonoses em parceria com a Uniesp. Trata-se de uma política voltada para garantir o bem estar animal, prevenir a propagação de doenças transmitidas por eles, bem como evitar o abandono e os maus tratos aos animais.

Compartilhar