Cabedelo se engaja no Setembro Amarelo e debate conscientização sobre prevenção ao suicídio

A Secretaria de Saúde de Cabedelo (Sescab), por meio da Coordenação de Saúde Mental, deu inicio, nesta quarta-feira (5), às ações do Setembro Amarelo, movimento que tem por objetivo promover a conscientização para a prevenção ao suicídio. A campanha teve inicio com uma caminhada entre as Praças Venâncio Neiva e Getúlio Vargas, no centro da cidade.

Profissionais da saúde, usuários dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e populares percorreram o trecho conduzindo faixas e cartazes alertando para as ocorrências de suicídios, suas causas e modos de prevenção. Na recepção, na Praça Getúlio Vargas, foram recepcionados com a música da banda do Caps AD Primavera, e tiveram oportunidade de ouvir depoimentos de pessoas que passaram pela situação.

“As experiências contadas abertamente em público são um grande passo que damos para resolver uma situação tão drástica quanto o suicídio, que chega a ser a 17º causa de mortes no mundo. Por um lado existem recomendações para a não divulgação dos casos, enquanto, por outro, eles são tratados de modo meio negligente pela medicina. Penso que temos que sensibilizar, conversar, trazer a tona a realidade, daí a importância de uma campanha intensiva reunindo orientações e depoimentos para prevenção”, comentou o secretário da saúde, Murilo Wagner Suassuna.

A programação da campanha de prevenção ao suicídio prevê ainda, durante o mês, um série de palestras nas escolas e Unidades de Saúde.

“Não é fácil colocar em pauta as questões relativas ao suicídio, mobilizar-se para levar o melhor para a população. O setembro amarelo é muito importante, pois representa um tempo para a reflexão sobre um tema que é muito evitado tradicionalmente pela nossa cultura ocidental. É um assunto difícil, pois se trata de morte e tendemos a fugir dessa temática, mas é necessário conversar sobre ele e dos motivos e razões que levam uma pessoa a atentar contra a própria vida. Por isso, nos engajamos nessa campanha e queremos levar essa mensagem ao maior número de pessoas possível”, comentou o coordenador da saúde mental Stephano Reis.

A campanha que visa a prevenção ao suicídio, o Setembro Amarelo, chegou ao Brasil em 2014. O movimento acontece durante todo o mês de setembro, no mundo todo, e esse período foi escolhido porque o dia 10 setembro é o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio. Iniciado no Brasil pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), o Setembro Amarelo realizou as primeiras atividades ano passado e, este ano, ganhou ainda mais visibilidade em âmbito nacional.

Secom Cabedelo

Compartilhar