Circuito Tendas Culturais é encerrado com valorização e incentivo aos artistas e grupos locais

Durante todo o mês, projeto levou expressões artísticas a quatro bairros da cidade, mobilizando centenas de pessoas

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria de Cultura (Secult), encerrou, no sábado (20), as apresentações itinerantes do Circuito Tendas Culturais.

A iniciativa, criada em 2018, faz parte do Plano Municipal Cultura Viva e, durante um mês – de 23 de julho a 20 de agosto –  buscou democratizar o acesso a Cultura, através da circulação de apresentações artísticas dos grupos e das manifestações culturais, presentes na identidade local.

As apresentações itinerantes mobilizaram quatro bairros – Renascer, Jacaré, Jardim Manguinhos e Centro. O encerramento aconteceu na Praça Getúlio Vargas, com o espetáculo de dança Sensações, Verde Grita, o grupo de chorinho Os Prateados e a performance teatral “Viva a Nau Catarineta.

A cada fim de semana, o projeto reuniu de 200 a 300 pessoas, com apresentações de mais de 15 grupos culturais locais e 150 artistas envolvidos em performances de Dança Popular, Teatro e Música.

“Somos só gratidão a todos que receberam nossos artistas nos bairros onde o projeto passou. Retomamos o Circuito, que começou em 2018 mas teve que ser interrompido por conta da pandemia, e estamos muito felizes com o resultado e a repercussão. Foi a primeira vez que bairros, como o Jacaré, receberam  uma programação especifica de grupos culturais locais e nossa expectativa é ampliar ainda mais o projeto, para levarmos cultura e identidade a todos os recantos de Cabedelo”, destacou o secretário de Cultura, Igobergh Bernardo.

 

 

Compartilhar