COMBATE AO COVID-19 Prefeitura de Cabedelo divulga lista com 100 novos beneficiários do Programa Desenvolver Cabedelo

Cada um deve receber créditos no valor de até R$ 3 mil, fomentando a economia e a renda das famílias cabedelenses durante o período de quarentena imposto pelo Coronavírus

A Prefeitura de Cabedelo, através do Programa Desenvolver Cabedelo, divulgou a lista com os 100 microempreendedores (MEIs) contemplados em mais uma etapa do programa. Desta vez, serão liberados créditos de até R$ 3 mil para cada um dos beneficiados.

VEJA A LISTA COM OS 100 BENEFICIADOS

 A entrega dos valores aprovados deve acontecer a partir desta semana, por ordem alfabética, a fim de evitar aglomerações nesse período de enfrentamento ao Covid-19. Aos 100 novos contemplados será concedida a carência de 04 meses para o primeiro pagamento, o qual poderá ser dividido em até 24 meses, com taxas de juros de 0,8% ao mês.

A fim de manter a ordem estabelecida em consonância com o isolamento social, os beneficiários aptos a receberem o microcrédito serão informados pela equipe do Desenvolver Cabedelo, por meio do email desenvolvercabedelo@cabedelo.pb.gov.br e telefone, a despeito do dia e horário disponível para cada um deles. Por dia, foi destinado apenas 15 empreendedores para assinar o contrato e receber o cheque com o valor liberado.

O processo para seleção dos 100 MEIs beneficiados teve início no último dia 26 e contou com inscrição e avaliação cadastral de forma online. A escolha dos contemplados se deu por ordem de inscrição. Para estar apto ao benefício, seria necessário ser formalizado, isto é, possuir CNPJ com endereço na cidade de Cabedelo.

“Em menos de doze horas, as inscrições ultrapassaram as expectativas, chegando a mais de 200 concluídas. Logo após as inscrições, a etapa de Avaliação Cadastral foi concluída e 112 encontravam-se em conformidade com os pré-requisitos solicitados. Apesar de termos suprimido as etapas de ‘Capacitação’, ‘Visita Técnica’, ‘Plano de Ação’ e a ‘Reunião do Comitê Gestor’, tínhamos que exigir o mínimo possível desses pré-requisitos. Mesmo com eles, constatamos pessoas sem CNPJ ou com o cadastro de João Pessoa, pretendendo angariar o benefício”, explicou a Coordenadora do Desenvolver Cabedelo, Geovanice Ferreira.

A coordenadora frisa, ainda, que o atendimento a esse público será feito de forma excepcional, “apenas para este fim. Demais dúvidas, apenas através das redes sociais institucionais do Desenvolver Cabedelo”, finaliza. 

Compartilhar