Conferência debate direitos e políticas públicas para as crianças e adolescentes de Cabedelo

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), juntamente com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e em parceria com as Secretarias de Assistência Social, Educação, Saúde, Comunicação, Cultura e Esportes, realizou, nesta sexta-feira (23), a X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

O encontro, de caráter deliberativo e propositivo, teve como objetivo a mobilização dos poderes públicos e da sociedade civil para implementação e monitoramento da Politica Nacional e do Plano Decenal dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescente, elaborado ano passado e com vigência até 2027. O tema central da Conferência foi “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências.

“É muito gratificante reunirmos uma representação significativa de jovens e organizações da sociedade civil que desenvolvem um trabalho importante junto a esse segmento. Esse é um momento que vem fortalecer mais ainda o enfrentamento às questões que envolvem os direitos de crianças e adolescentes, para que eles venham a conhecer e participar ativamente dessa construção de politicas públicas imprescindíveis para o exercício da cidadania”, declarou o presidente do CMDCA, Thales Barreto Zucca.

Além da apresentação do Regimento da Conferência, foram proferidas palestras com conteúdo relativo aos 5 eixos temáticos: “Garantia dos direitos e politicas públicas e integradas e de inclusão social”; “Prevenção e enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes”; “Orçamento e financiamento das políticas para crianças e adolescentes”; “Participação, comunicação social e protagonismo de crianças e adolescentes”; e “espaços de gestão e controle social das políticas públicas de crianças e adolescentes”.

Cada eixo foi discutido em grupo e apresentado pelo delegado escolhido. As propostas apresentadas serão encaminhadas para a Conferência Estadual.

“Com a ação de 20 anos da ONG que dirijo procuramos promover a inclusão de crianças e adolescentes através do acesso gratuito ao esporte, à cultura, ao lazer e à saúde, tudo em torno do bem estar das crianças. Essa Conferência é um passo muito importante para o município, uma vez que visa melhorar ainda mais as ações e atividades voltadas às crianças e adolescentes locais. Trouxemos as crianças para participarem, pois só assim elas vão abrir mais a mente, ter mais informação e terem oportunidade de discutir seus direitos”, comentou a coordenadora do Instituto Surf Escola Esporte e Cidadania, Janaína Cléa.

Para a adolescente Gabriela Luiza, representante da ONG Quatro Patas, a Conferência é uma oportunidade de discutir os direitos de crianças e adolescentes e mostrar as ações que são promovidas para a inclusão.

“Acho importante conhecer e discutir os problemas que atingem os jovens e adolescentes e os direitos que eles têm. É muito importante ter apoio do governo para que as instituições tenham um atendimento de qualidade, dando, assim, uma boa qualidade de vida para todos nós. Que todos que necessitam tenham a mesma oportunidade”, disse.

Secom Cabedelo

 

Compartilhar