CRAS NA SUA CASA: Prefeitura leva ações e serviços de cidadania à comunidade da Vila dos Pescadores, no Jacaré

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria de Assistência Social (Semas), levou, nesta terça-feira (19), a caravana do Projeto Cras na sua Casa à comunidade da Vila dos Pescadores, no Jacaré.

O projeto, que se caracteriza pela oferta de serviços e informação à população, levou para a comunidade ações de cidadania, como cadastro e atualização do Cad Único e Bolsa Família, Criança Feliz, Acessuas, cadastro de pessoas com deficiência e informações sobre o Cras e o Creas. Também foram oferecidos serviços de corte de cabelo.

“Essa é mais uma ação do Cras na sua Casa, na qual a Semas traz para dentro da comunidade todos os serviços inerentes à assistência social do município. A iniciativa busca fazer com que as pessoas que não conseguem se deslocar, por algum motivo, para ter acesso aos benefícios oferecidos pela PMC, os tenham próximo às suas casas. Nossa intenção, também, é que as pessoas saibam cada vez mais sobre esses benefícios e prezamos muito pela participação dos moradores. Queremos atender muita gente a cada edição, pois essa é uma maneira da PMC estar dentro dos bairros e junto com as comunidades”, declarou a secretária da Assistência Social, Cynthia Denize Silva Cordeiro.

O Cras na sua Casa é um projeto de iniciativa da Semas, em parceria com a Secretaria de Saúde, e tem como objetivo aproximar os serviços desenvolvidos pelas pastas envolvidas dos moradores daquelas localidades que, muitas vezes, desconhecem a existência ou os meios de acesso. A ação acontece uma vez por mês.

A dona de casa Rosângela Pinheiro de Lima, moradora do Oceania VI, avaliou a iniciativa:  “Vim renovar meu Bolsa Família e consegui rapidamente. Acho que essa é uma boa iniciativa da Prefeitura para a população. A Secretaria está de parabéns. Muitas vezes não temos como nos locomover de um local para outro; há pessoas que não podem sair pois têm parentes que necessitam de atenção e cuidados, por exemplo. Então, um movimento como esse facilita a vida e fica bem melhor para nós”, comentou.

Luiz Carlos Batista Sales da Silva, 24 anos, também falou sobre o atendimento que recebeu: “Passei por aqui, observei o movimento e percebi que estavam oferecendo corte de cabelo e aproveitei a oportunidade. Acho que é uma iniciativa boa demais, bacana demais. Fui muito bem atendido pelas pessoas e isso é bom”, declarou.

Compartilhar