CRESCE PESCA Prefeitura de Cabedelo lança programa que investe na promoção e modernização do setor de pesca e aquicultura do município

Iniciativa vai beneficiar mais de 1.200 trabalhadores locais

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por intermédio da Secretaria de Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura (Semapa), lançou nesta sexta-feira (26), o programa Cresce Pesca, que tem como objetivo principal o beneficiamento de mais de 1.200 pescadores e aquicultores cabedelenses.

O programa, apresentado na Colônia dos Pescadores Z2, foi desenvolvido em parceria com organizações e instituições vinculadas e atuantes no setor pesqueiro do município. A iniciativa prevê a realização de cursos de capacitação e aprimoramento e a entrega de equipamentos de pesca aos beneficiados.

Dentre as metas da iniciativa, estão a promoção do setor de Pesca e Aquicultura; a implementação de novas tecnologias e tecnologias apropriadas; o aumento da inclusão produtiva do segmento; e a busca de novos parceiros para o setor.

 “Essa a iniciativa faz parte de um desejo nosso, desde o início da gestão. Esse programa foi muito bem elaborado. É a gestão olhando com um jeito diferenciado para a pesca, com um benefício poderá chegar para todos. Vamos continuar atendendo às reivindicações e construindo políticas públicas em favor da categoria. Nossa obrigação é poder dar dignidade aos pescadores”, ressaltou o prefeito Vitor Hugo Castelliano.

No evento, foram feitas explanações sobre os projetos que estão integrados ao programa, incluindo a programação dos cursos de capacitação e qualificação técnica, que serão realizados com os profissionais da área, e o investimento que será feito na melhoria das embarcações.

“Nós trabalhamos muito através dos trâmites legais da nossa Secretaria para apresentar esse benefício aos pescadores. Esse programa vai qualificar e alavancar a atividade de pesca artesanal do município de Cabedelo, trazendo conhecimento e aprimoramento de técnicas que vão favorecer desde manutenção de motores, extração e manuseio do pescado até a precificação de produtos”, garantiu o secretário de Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura, Francisco Urtiga.

O assessor técnico de Pesca e Aquicultura da Semapa e um dos coordenadores do Cresce Pesca, Inocêncio Padilha, complementou fornecendo as informações mais específicas sobre o programa, e divulgou que a partir do mês de dezembro o Projeto SuportPesca será o responsável pela entrega de apetrechos de pesca a pescadores, como Motores de Rabeta e Redes de Pesca.

“Esses Motores irão otimizar e proporcionar uma melhoria considerável no deslocamento do pescador até o seu ponto de pesca. Haja vista que, atualmente, esses deslocamentos são feitos em embarcações a vela ou a remo. E as novas redes irão melhorar o processo de captura de peixes grandes com redes de maior tamanho de malha, aprimorando, desta forma, os ganhos do pescador e melhorando o valor de venda no mercado”, disse.

“A Prefeitura sempre tem dado atenção às nossas ações e hoje é um dia importante para a nossa classe de pesca com o lançamento desse programa. A hora de participar e de cobrar é essa, pois a gestão está presente para nos apoiar”, afirmou Ricardo Melo, da Colônia Z2.

Concessão de motores e redes de pesca – Aos pescadores e aquicultores que se inscreverem no Cresce Pesca serão ofertados cursos de capacitação e qualificação técnica sob o gerenciamento da Semapa, em parceria com a Marinha do Brasil e com o Instituto Federal da Paraíba (IFPB – Campus Cabedelo), que serão exigidos como pré-requisitos para o benefício.

Na programação estão os cursos de Montagem e Manutenção de Motores de rabeta; Confecção e reparo de redes de pesca; Precificação de Pescados; e de Pescador Profissional – POP.

Além disso, algumas condições também serão exigidas, como assinar um Termo de Concessão de Uso dos Motores de Rabeta; possuir registro CIR – Caderneta de Inscrição e Registro,  na Marinha como pescador Profissional POP / PEP; passar pela avaliação de uma assistente social da Prefeitura; ser acompanhado pela equipe técnica da Semapa em suas atividades após a entrega dos motores; e posterior registro da embarcação na Marinha do Brasil.

Projetos integrados – Os principais projetos integrados ao programas, são: Ecotur (Turismo Náutico de Vivência em pesca); Velejar (Regatas Amadoras de Embarcações a Vela);  Suportpesca (Investimento em apetrechos de pesca); Aqualyzer (Análise da qualidade de água); Aquiocean (Aquicultura); Carpintaria Naval Cabedelo; Unidade de Beneficiamento de Pescados do Renascer; Caiçaras Artesanais; Enersol (Energia Solar); Aquapesca (Poços Artesianos); Censo Pesca (Análise da atividade pesqueira no Município); e Pescados a Vista (Selo de Inspeção Municipal de Pescados).

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone da Semapa (83) 3228-0596.

Presenças – Ao evento, estiveram presentes o secretário adjunto de Meio Ambiente, Gustavo Monteiro; o secretário adjunto de Pesca e Aquicultura, Carlos Alves; o gerente de pesca da Semapa, Luiz Carlos Albuquerque; o presidente da Colônia de Pescadores Z2, Ricardo Melo de Carvalho; o presidente da Associação de Pescadores e Marisqueiros do Renascer III, José Gomes da Cruz (Zezinho pescador); o presidente da Associação de Pescadores do Jacaré, Gilson Cruz; além de vereadores, secretários, auxiliares de governo, pescadores, marisqueiros e seus familiares.

 

 

Compartilhar