Cruzeiro de Jacaré é o campeão da II Copa Missinho de Futebol Amador em Cabedelo

Durante mais de três meses, a Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), por meio da Secretaria de Esportes, Juventude e Lazer (Sejel), promoveu os jogos da 2ª edição da Copa Missinho de Futebol Amador, que mobiliza equipes de futebol amador com jogadores de todos os bairros da cidade e incentiva a prática esportiva.

A final do campeonato aconteceu no sábado (12) e o time do Cruzeiro de Jacaré saiu campeão frente ao Jacaré Futebol Clube, com o placar de 1X0.

A Copa contou com 25 rodadas e reuniu 14 equipes de vários bairros do município de Cabedelo e seguiu todos os protocolos de segurança contra a Covid-19 estabelecidas pelos decretos municipais. A partida final, inclusive, só permitiu a ocupação de até 30% da capacidade do estádio.

“Quero primeiramente parabenizar a equipe do Cruzeiro pela dedicação que os levaram ao título da Copa Missinho. E dizer também que estamos felizes pelo encerramento de mais uma grande evento da cidade que tem o potencial de revelar jogadores. Pois àqueles que se destacam temos que buscar oportunizar que façam testes para equipes profissionais. Uma competição bem organizada como essa tem muitos atrativos e por isso foi bem aceita pelo público. Queremos, a cada ano, promover esse campeonato com mais brilhantismo ainda”, destacou o secretário de Esportes de Cabedelo, Maurício Santos.

Premiação – A competição premiou com troféus e medalhas os finalistas. A equipe campeã recebeu um incentivo financeiro de R$ 2 mil; a vice-campeã, R$ 1 com 1 mil; e ainda teve troféu para o artilheiro da competição (Erick Tiririca, do Vila Sport Clube, com 6 gols) e para o melhor goleiro (Fabrício de Oliveira, do Cruzeiro de Jacaré).

Quem marcou o gol do título no Cruzeiro foi o meia atacante Anderson Mago, que comemorou a conquista e também falou sobre a competição.

“O campeonato foi bem organizado e contou com uma boa atuação da equipe de arbitragem. As equipes que enfrentamos tinham muita qualidade e nós vencemos na raça e na vontade, assim como na final que tivemos dificuldade de criar as jogadas, mas graças a Deus conseguimos sair com a vitória e fazer o Cruzeiro campeão. Esse campeonato amador é excelente para dar visibilidade a jogadores jovens”.

Copa Missinho – A iniciativa homenageia um dos principais ex-jogadores da história do futebol cabedelense, Edmilson do Nascimento Trigueiro (In Memorian) – mais conhecido como Missinho. O pai de Missinho, Edir Trigueiro, como ex jogador e bom amante do futebol fez questão de acompanhar todas as partidas no estádio.

“Como já falei, pra mim é uma felicidade grande ver o nome do meu filho ainda brilhando no meio do futebol. Nós da família de Missinho só temos a agradecer. Eu acompanhei toda disputa e pude ver bons jogos”, afirmou Edir.

Promovida pela última vez em 2018, a competição mobiliza equipes de futebol amador com jogadores de todos os bairros da cidade e se estabelece no calendário futebolístico local.

Além dos times finalistas, a Copa Missinho reuniu as equipes: Santos Futebol Clube (campeão da edição 2018), Flamengo de Poço, Flamengo de Camalaú, Monte Castelo, Vila Sport Clube, Camalaú, Grêmio Renascer, Itatubence, Jardim Manguinhos, Atlântico, Real Bongi e Paris Renascer.

Compartilhar