Desfile Cívico no Renascer reúne centenas de pessoas em homenagem à Pátria

Celebrações continuam no dia 7, com o tradicional desfile de Independência no Centro da cidade

A Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC) realizou, neste sábado (3), o desfile comemorativo ao 7 de setembro no bairro do Renascer.

Este ano, as escolas participantes apresentaram nas ruas a temática Educar para Crescer Cabedelo. Foram 16 instituições, entre entidades religiosas, grupo artístico, escolas privadas de ensino infantil, creches e escolas municipais e 6 bandas marciais. Ao todo, o desfile reuniu uma média de 677 alunos, das escolas e creches municipais e 253, das escolas particulares. 

O auge das celebrações será no dia 7 de setembro, quando militares, organizações civis, escolas particulares, creches e escolas municipais, escolas estaduais e representações das Secretarias Municipais apresentam o tradicional e aguardado desfile cívico ao longo de cerca de 1,7 KM da BR-230, a partir das 14h. 

“Quero parabenizar a todos os funcionários pela preparação dos desfiles e dizer que, depois de um período doloroso de pandemia, em que perdemos pessoas queridas – inclusive aqui do Renascer – estamos voltando ao novo normal. E é muito gratificante realizar novamente esse evento cívico, pois, pra quem não lembra, o último que aconteceu aqui foi no calçamento de paralelepípedo. E agora, a principal parte do desfile, é no asfalto. Isso é só uma das demonstrações de respeito que temos pelo bairro! Ter as ruas asfaltadas e bem iluminadas é apenas um dos benefícios que estamos proporcionando. Só tenho a agradecer a Deus por estarmos juntos novamente e poder anunciar aos munícipes que os próximos anos de gestão serão os melhores da história dessa cidade”, afirmou o prefeito Vitor Hugo em seu pronunciamento oficial.

O desfile do Renascer congregou as escolas localizadas entre aquele bairro e o Jacaré. Este ano, a Seduc promoveu mudanças no percurso do desfile, cuja concentração ocupou a Rua Nova Esperança. Saindo da concentração o desfile percorreu a Rua São José, onde foi instalado o palco das autoridades e seguiu pela Rua Santo Antônio até à dispersão. A mudança foi especialmente pensada por questão de logística de trânsito e também para que o principal trecho do desfile não expusesse os participantes do mesmo tempo exposto ao sol.

O desfile de 7 de setembro é uma tradição e pode ser considerada uma das datas mais comemoradas pela população, que vai às ruas prestigiar o momento de celebração histórica. A Secretaria de Educação fica responsável pela organização do desfile, mas outras Secretarias também estão diretamente envolvidas no evento. 

“Estamos muito felizes em poder retomar os desfiles cívicos que são históricos para nossa cidade! Tradicionalmente seguimos uma temática geral que impulsiona as escolas e creches a desenvolverem projetos no decorrer do ano letivo e que culmina em nosso desfile. A temática deste ano é ‘Educar para Crescer’. É um título de esperança e cuidado para com a educação pública – da infância aos jovens e adultos. E essa educação precisa ser pautada nos valores e na formação do indivíduo como um todo. E o ‘crescer’, não só em nível pedagógico, mas também para os valores humanos”, explicou a secretária de Educação, Márcia Moreira.

A secretária Márcia também comentou sobre os preparativos para os desfiles. “A organização destes eventos se dá desde o início do ano, quando é montada uma programação, com  a contratação de empresas para confecção das faixas, banners, organização de materiais para as escolas… E é importante destacar que este é um evento que conta com a parceria de várias Secretarias, como Cultura, Cerimonial, Comunicação, Mobilidade Urbana, Segurança, Transporte e principalmente da Educação onde temos o envolvimento de todos os funcionários. O sentimento é de gratidão e esperança. Gratidão a Deus por estarmos aqui e esperança num futuro melhor depois desse período de pandemia. Não medimos esforços para que nossos alunos sejam enaltecidos nesse momento de valorização da pátria” concluiu Márcia.

A população foi mesmo às ruas prestigiar o desfile, e elogiou a beleza e a organização de tudo. A pensionista Francisca Costa, moradora da rua São José há 37 anos, se emocionou com a volta do desfile e aprovou a ideia de mudança do percurso.

“Gostei muito de como ficou. Pela questão do nosso acesso, pelas crianças e idosos que não ficaram muito tempo no sol e também porque agora a apresentação principal ficou de frente a minha casa. Gostei de ver meu bisneto desfilando pela creche Josefa Régis. O nosso bairro é privilegiado por receber um desfile cívico também”, afirmou a moradora

O carpinteiro Jonas Santos também acompanhou todo o desfile ao lado da família. Ele ficou entusiasmado ao ver os netos desfilando nos pelotões das escolas e apresentando os projetos pedagógicos

“É muito bom ver as crianças e os jovens envolvidos com educação. A educação pode salvar o destino de muitos. Queremos sempre vê-los se preparando pra um futuro melhor que o nosso”.

Participantes – Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Banda Padre Pedro Serrão, Instituto Educacional Escola Mágica, Colégio Doce Mel Kids, Banda Agostinho de Fonseca, Educandário Primeiros Passos, Grupo de Xaxado Infantil, Banda Marcial Nominando Diniz, Creche Municipal Santa Bárbara, Creche Municipal Josefa Régis, Banda Antônia Do Socorro, Escola Municipal Hildebrando da Silva, Escola Municipal Maria José Verissimo, Escola Municipal Mª das Graças C.Rezende, Banda José Peregrino de Carvalho, Escola Municipal Vereador Pedro Américo, Escola Municipal Plácido de Almeida, Projeto Banco Mais, Banda Marcial Sêdec Sênior, Escola Municipal Elizabeth Ferreira. 

Desfile Centro – No dia 7 de setembro, será a vez do principal desfile da cidade, cujo percurso vai da Secretaria de Educação, à altura da Rua Pastor José Alves de Oliveira, em direção à Praça Getúlio Vargas, no Centro, local da dispersão.

Serão 61 representações, entre instituições militares, organizações civis, 2 escolas particulares, 22 creches e escolas municipais, 3 escolas estaduais, bandas marciais e Secretarias municipais de Educação, Mobilidade Urbana e Transporte. A estimativa é que cerca de 2.800 pessoas participem da celebração cívica.

Compartilhar